Campeonato Catarinense

Chapecoense e Figueirense empatam na Arena Condá

As duas equipes estacionaram nos oito pontos conquistados no Estadual.
Gazeta Esportiva19/02/2017 às 19h50

CHAPECÓ - Em baixa no Campeonato Catarinense, a Chapecoense conquistou um empate suado em casa com o Figueirense. Depois de sair atrás no placar e ver o goleiro Thiago Rodrigues defender todas as bolas possíveis, a Chape conseguiu empatar com gol de Rossi já nos acréscimos da etapa complementar. O resultado interrompeu uma sequência de duas derrotas seguidas da equipe de Condá, mas também marcou o quarto jogo do time verde sem vitórias no Catarinense.

O resultado não foi bom para ambas as equipes, que estacionaram nos oito pontos e viram o líder Avaí praticamente garantir o título do primeiro turno do Catarinense, com 16 tentos conquistados e três rodadas pela frente. Com o empate, o Figueira subiu para a terceira colocação, enquanto a Chape também ganhou um posto, se colocando em quinto.

Na próxima rodada, a equipe receberá o Metropolitano na Arena Condá na briga direta pela vice-liderança. O Figueira, por sua vez, terá confronto difícil contra o líder Avaí fora de casa, na Ressacada.

Quem assustou pela primeira vez foi o Figueira. Bill recebeu lançamento na entrada da área e a defesa da Chape afastou errado. Anderson Aquino aproveitou o vacilo e chutou para boa defesa de Elias.

Na sequência foi a vez de Thiago Rodrigues trabalhar em dois lances de perigo. Aos 12, Andrei Girotto cabeceou no chão e goleiro do Figueira defendeu à queima roupa. Já aos 16, Girotto aproveitou novo cruzamento e chutou no canto para nova intervenção do arqueiro.

Aos 25, nova chance para a Chape. Rossi avançou pela direita em contra-ataque e chutou cruzado na entrada da área. Pela terceira vez, o paredão alvinegro estava lá para evitar o gol. No escanteio, o zagueiro Douglas Grolli cabeceou e Thiago agarrou seguro. A equipe alviverde ficou pedindo pênalti em Grolli, mas o juiz mandou seguir.

O castigo ao time da casa veio aos 42. Anderson Aquino cruzou na pequena área, o goleiro Elias saiu mal e Bruno Alves teve tranquilidade para subir sozinho e cabecear para o gol. 1 a 0 Figueira.

Na volta do intervalo, Thiago contou com um pouco de sorte para seguir salvando sua equipe. Aos 9, Reinaldo avançou pela esquerda e chutou forte. O goleiro alvinegro espalmou a bola no travessão e no rebote, Rossi tentou de bicicleta, carimbando o travessão novamente.

Aos 15, foi a vez do arqueiro parar Wellington Paulista no último lance antes do atacante sair de campo para a entrada de Túlio de Melo. Thiago ainda venceu Andrei Girotto pela terceira vez com uma bela defensa após chute rasteiro.

Aos 28, Niltinho conseguiu finalmente balançar as redes do goleiro alvinegro após desvio de cabeça de Grolli, mas o bandeira marcou posição irregular do jogador.

Dez minutos mais tarde, o zagueiro Nathan recebeu livre, de cara a cara com Thiago, e mandou para fora. Na sequência, o goleiro defendeu chute de fora da área de Rossi.

Já nos acréscimos, o esforço da Chape foi reconhecido. Niltinho cruzou bola do canto direito e Rossi cabeceou firme no canto de Thiago, empatando o clássico.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.