Guerreiros

Mais dois sobreviventes do voo da Chapecoense chegam ao Brasil

O jogador Alan Ruschel e o jornalista Rafael Henzel chegam nesta terça.
Agência Brasil13/12/2016 às 14h34

BRASÍLIA - O jogador Alan Ruschel e o jornalista Rafael Henzel chegam, nesta terça-feira (13), a Chapecó (SC) vindos de Medellín, na Colômbia. Os dois sobreviventes do acidente com o voo da Chapecoense deixaram a cidade colombiana por volta das 11h30 (horário de Brasília) em um avião da Força Aérea Brasileira (FAB), que fará escala em Manaus e na capital federal.

A previsão é que eles cheguem por volta das 21h em Chapecó. Eles serão levados para o Hospital Unimed Chapecó, onde continuarão o tratamento iniciado na Colômbia.

A aeronave foi adaptada para o transporte de duas unidades de terapia intensiva móveis. Os brasileiros vêm acompanhados dos médicos da Força Nacional do Sistema Único de Saúde (SUS), Luiz Edgar Tolini, da Chapecoense, Carlos Mendonça, e da FAB, especializados em transporte aeromédico. Os voos de ida e volta serão custeados pelo Ministério da Saúde.

O goleiro Jackson Follmann foi o primeiro sobrevivente a chegar ao Brasil. Ele desembarcou em São Paulo na madrugada de hoje e foi levado ao Hospital Albert Einstein.

Já o zagueiro Hélio Zampier Neto ainda está na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital Fundación San Vicent, na Colômbia, e inspira cuidados. O atleta foi o último a ser resgatado e ainda não há confirmação de quando deve voltar ao Brasil.

O avião que levava a delegação da Chapecoense a Medellín caiu no dia 29 de novembro. Setenta e uma pessoas morreram e seis ficaram feridas. Além dos quatro brasileiros, dois tripulantes bolivianos da empresa Lamia sobreviveram.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.