Basquete

Vasco cumpre promessa, desiste de final, e Flamengo é campeão carioca

Com o W.O, o Rubro-Negro faturou o 44º título da competição em sua história.
Gazeta Esportiva06/12/2016 às 22h14

RIO DE JANEIRO - O Vasco cumpriu a promessa do presidente Eurico Miranda e não entrou em quadra pela final do Campeonato Carioca de Basquete. Segundo o presidente, que enviou um ofício à Federação de Basquete do Estado do Rio de Janeiro (Fberj), o clube não disputaria a partida marcada para a noite desta terça-feira, caso o local continuasse sendo o Tijuca Tênis Clube. Como o palco do duelo não foi alterado e Eurico manteve a palavra, o Flamengo ficou com a taça do torneio estadual por W.O..

Com o W.O. o Flamengo faturou o 44º título da competição em sua história. O Cruz-Maltino possui 16 taças do torneio, o qual já chegou a ficar nove anos sem participar.

O mandatário vascaíno alegou preocupação por conta da segurança, devido a um episódio ocorrido no mesmo ginásio, em compromisso no primeiro turno. Na ocasião, realizada com torcida única, torcedores rubro-negros brigaram entre si, o que necessitou de intervenção da Polícia Militar.

Além da questão de segurança, Eurico, através do documento, apontou que os ingressos para o duelo foram vendidos de maneira indevida. Ele também declarou que era de responsabilidade do presidente da Fberj, Álvaro Lionides, a venda e a organização das entradas.

“É uma situação muito atípica até porque nós nos preparamos para jogar. Essa equipe tem uma virtude muito grande de ter profissionais que sempre entram para vencer. É difícil falar do Vasco, não sabemos o dia a dia deles e, é claro, eles têm os argumentos deles. Toda decisão num clube é discutida. A gente se prepara para ser campeão e é isso que aconteceu. Não colocamos em prática o que treinamos e é claro que eu preferia ganhar jogando, mas estamos adicionando o 12º titulo consecutivo à nossa coleção”, declarou o técnico flamenguista Neto.

Este seria o terceiro e decisivo encontro dos rivais pela decisão do Carioca. O primeiro, realizado na Gávea e sem torcida, acabou com vitória do Fla e o segundo, em São Januário, também com portões fechados, acabou com vitória vascaína.

Por determinação da Fberj, o jogo desta noite também seria realizado sem a presença de torcedores. No entanto, a diretoria do Flamengo entrou com recurso, atendido pela entidade.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.