Série B

De virada, Criciúma derrota o Paysandu na Curuzu

O Papão e o Tigre disputarão novamente o Campeonato Brasileiro Série B em 2017.
Gazeta Esportiva25/11/2016 às 22h22
De virada, Criciúma derrota o Paysandu na CuruzuO Criciúma bateu o Paysandu em Belém. (Reprodução)

BELÉM - Despedindo-se da Série B em 2016, o Criciúma fez 2 a 1 no Paysandu, nesta sexta-feira, fora de casa, pela 38ª e última rodada da competição. Os mandantes até saíram na frente, com Cleyton, mas Ianson e Alex Maranhão viraram para o Tigre, que terminou o ano com vitória.

Com o resultado, os catarinenses foram a 56 pontos, garantindo um lugar na metade de cima da tabela. Os paraenses, por outro lado, pararam nos 49, e encerram a Segundona no modesto 14º posto, independentemente dos resultados de sábado.

Agora, as equipes entram em férias, e passam a visar o ano de 2017, quando estarão novamente na Série B. O Criciúma deve permanecer com Roberto Cavalo no comando, enquanto o Paysandu já anunciou a saída de Dado Cavalcanti.

Os donos da casa começaram melhor e, logo aos 11, Cleyton abriu o placar. Ele recebeu e finalizou. A bola desviou e encobriu o goleiro Edson: 1 a 0 Papão.

Cinco minutos depois, os paraenses tiveram chance de fazer o segundo, mas o chute de Tiago Luís saiu fraco e parou no arqueiro catarinense. Aos 23, Celsinho também exigiu intervenção de Edson.

Aos 29, após cobrança de falta, o zagueiro Diego Giaretta colocou nas redes para o Criciúma, mas o assistente apontou impedimento, invalidando o gol. Aos 36, Cleyton esteve perto de fazer seu segundo, mas a bola saiu por pouco.

Antes do intervalo, aos 44, em bola levantada na área, o zagueiro Ianson aproveitou e bateu rasteiro, superando Emerson e igualando o placar, que se manteve até o intervalo: 1 a 1.

A segunda etapa começou morna, sem grandes oportunidades. Aos 10, o Paysandu chegou com o zagueiro Gualberto tentou em cabeçada, mas a bola não entrou. Quatro minutos depois, Tiago Luís teve ótima chance, livre na área, mas errou o alvo.

O mesmo atleta, ex-Santos, tentou arremate de longa distância, aos 17, e a bola saiu por pouco. Mesmo se mantendo no ataque, os mandantes não conseguiam retomar a vantagem no placar.

Assim, a pressão se arrefeceu, e apesar de ter a bola, o Papão parou de ameaçar Edson. Assim, já no final do jogo, os visitantes chegaram à virada. Alex Maranhão recebeu livre e finalizou no alto, sem chances para o goleiro, definindo o placar final: 2 a 1.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.