Turismo

Jogos Olímpicos e Paralímpicos atraíram cerca de 1,4 milhão de turistas

Neste ano, o Brasil deve chegar próximo ao número recorde, conquistado em 2014.
Portal Brasil26/09/2016 às 23h08

BRASIL - Entre os meses de agosto e setembro, a cidade do Rio de Janeiro acolheu mais de 1,4 milhão de turistas brasileiros e estrangeiros: foram 1,170 milhão de pessoas durante os Jogos Olímpicos e mais 243 mil nos Jogos Paralímpicos. A taxa de ocupação hoteleira na cidade atingiu 94% da capacidade.

Na avaliação da Embratur, a realização dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos no Rio de Janeiro terá importante impacto sobre o turismo em 2016. A expectativa é que os Jogos ajudarão o país a somar 6,8 milhões de turistas estrangeiros neste ano, contra 6,3 milhões em 2015. A receita gerada com o turismo também deverá ser elevada: de US$ 5,84 bilhões, no ano passado, para cerca de US$ 6,7 bilhões, número próximo do recorde obtido em 2014, de US$ 6,9 bilhões.

Pesquisa

Visitantes brasileiros e estrangeiros tiveram uma avaliação muito positiva das opções de hospedagem, transportes, lazer e demais serviços usados durante a estadia na cidade fluminense. Segundo pesquisa do Ministério do Turismo, 87,7% dos turistas estrangeiros ouvidos durante os Jogos Olímpicos disseram ter a intenção de voltar ao Brasil – foram mais de 400 mil estrangeiros visitando a cidade entre 5 e 21 de agosto. Já entre os brasileiros, 94,2% disseram que querem voltar ao Rio de Janeiro.

Para 98,7% dos turistas nacionais, a viagem para acompanhar os Jogos Olímpicos atendeu plenamente ou superou as expectativas. Já o índice de satisfação do público internacional é de 83,1%. A hospitalidade do carioca foi elogiada por 92% dos brasileiros e 98,6% dos estrangeiros. A diversão noturna também agradou. Para 93,6% dos viajantes nacionais e 96,2% dos internacionais, o Rio de Janeiro é muito bom ou bom nesse quesito.

A avaliação dos turistas que foram aos Jogos Paralímpicos não foi diferente. Dados do Ministério do Turismo revelam que para 87,8% dos viajantes estrangeiros, ouvidos em setembro, a visita atendeu ou superou as expectativas. Além disso, 90,5% deles disseram ter a intenção de voltar ao país. Assim como verificado na Olimpíada, os Estados Unidos continuaram como principal emissor de turistas (18,2%). Em seguida, apareceram Espanha (15,5%), Argentina (6,1%), França (6,1%) e Alemanha (5,4%).

Os Jogos Rio 2016 também motivaram o aumento das viagens de turistas para outras cidades brasileiras, além da cidade-sede. Pesquisa do Ministério do Turismo também revelou que os estrangeiros que vieram ao País para acompanhar os Jogos Paralímpicos aproveitaram, ainda, para conhecer outros 33 destinos brasileiros, ampliando a experiência no país. Mais uma vez, a política de isenção de vistos para americanos, japoneses, australianos e canadenses se mostrou eficaz e 56,5% dos entrevistados afirmaram ter feito uso da dispensa. De acordo com 82,6% dos entrevistados, a manutenção da iniciativa facilitaria o retorno ao Brasil.

Aeroportos

Os turistas brasileiros e de fora também avaliaram muito bem os aeroportos nacionais. Durante os Jogos Olímpicos, por exemplo, o índice de pontualidade de 94,8% foi o melhor já registrado em uma operação especial do setor de Aviação Civil no País.

Nos nove principais aeroportos monitorados pelo Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil durante o evento, o índice médio de atrasos foi de 5,2%, uma queda de 59% em relação à performance dos terminais durante a Copa do Mundo de 2014 (8,8%).

No mesmo período, em agosto, pesquisa realizada diariamente pela Secretaria de Aviação nas áreas restritas dos aeroportos constatou que, numa escala de 1 a 5, a média de satisfação dos passageiros chegou a 4,24, o que consolidou melhorias de infraestrutura e adequação da atividade dos terminais a picos de demanda

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.