Para 2017

Com esperanças em 2016, Corinthians mira reforços da Série B

A diretoria do Corinthians já se planeja para que equipe seja mais regular em 2017.
Gazeta Esportiva16/09/2016 às 09h15

SÃO PAULO - Ao mesmo tempo em que tenta manter as esperanças em relação ao final da atual temporada, a diretoria do Corinthians já se planeja para que a equipe seja mais regular em 2017. Os reforços, no entanto, deverão chegar do mesmo torneio que trouxe recentemente jogadores como o centroavante Gustavo e o volante Jean.

“Tudo se decide em conjunto. Para o ano que vem, já estamos observando jogadores da Série B e de outros lugares. Para agora, não tem nada”, comentou o diretor de futebol Eduardo Ferreira, que tem os países da América do Sul também como alternativa. O zagueiro paraguaio Fabián Balbuena é um exemplo de contratação pouco dispendiosa realizada em 2016.

Com problemas financeiros, o Corinthians se desfez de quase um elenco de atletas entre a conquista do Campeonato Brasileiro do ano passado, com Tite, e a instabilidade na campanha da edição atual, com Cristóvão Borges. A diretoria espera que algumas reposições trazidas no decorrer da temporada ainda se mostrem mais bem-sucedidas.

“Contratamos alguns jogadores que já mostraram que poderão render”, disse o diretor Edu Ferreira, um dos que procuram manter o otimismo com a equipe do presente. “Se pegarmos os últimos jogos, veremos que o time vem se dedicando, correndo, criando. Falta o gol ou um algo a mais que faria com que estivéssemos com mais pontos”, analisou.

Sem esse “algo a mais”, o Corinthians caiu para a quinta posição do Brasileiro, com 41 pontos ganhos. O líder é o rival Palmeiras, que soma 47 e será justamente o próximo adversário corintiano, no sábado, em Itaquera.

“O corintiano não desiste nunca. Essa é uma história nossa. A gente vai lutar pelo título até o último minuto. São sete pontos de diferença, e poderemos diminuir para quatro no sábado. Isso mudaria todo o cenário. Estamos acreditando, vamos fortes para o jogo e, se Deus quiser, chegaremos a esses quatro pontos de diferença”, bradou o diretor de futebol do Corinthians.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.