Rio 2016

Público recorde da paralimpíada é destaque na imprensa internacional

Rápido aumento das vendas dos ingressos repercutem em notícias pelo mundo.
Portal Brasil13/09/2016 às 16h35

RIO DE JANEIRO - Os principais noticiários internacionais dedicaram suas manchetes ao sucesso alcançado nos primeiros dias dos Jogos Paralímpicos Rio 2016. A norte-americana CNN, por exemplo, estampou o questionamento “O que inspirou a reviravolta nos ingresso do Rio Paralímpico?” em reportagem que analisa os motivos que levaram ao movimento recente de alta procura por convites para o mundial.

O rápido aumento das vendas de ingressos resultou numa movimentação recorde do Parque Olímpico no último fim de semana. Mais de 170 mil brasileiros e estrangeiros circularam no local.

“No começo, parecia que os Jogos Paralímpicos Rio 2016 iriam ser um desastre”, inicia matéria da CNN. No entanto, conforme aprofunda o texto, uma mudança brusca e inesperada nas vendas fez com que o evento brasileiro se tornasse a segunda maior paralimpíada em termos de emissão de bilhetes. A estimativa é de 1,9 milhões de unidades vendidas. O jornal lembra que, no início de agosto, apenas 12% dos ingressos disponíveis haviam sido comercializados.

“A Rio 2016 está rapidamente fazendo jus ao seu faturamento e beleza como os jogos do povo”, ressaltou ao jornal o porta-voz do Comitê Paralímpico Internacional, Craig Spence. Ainda de acordo com o executivo, “estes jogos ganharam força de uma forma inesperada e é fantástico ouvir a torcida dos cariocas e brasileiros em cada arena”.

Mais veículos estrangeiros

Com imagens de filas na retirada de ingressos, o alemão Goettinger-Tageblatt relata que esta segunda fase dos jogos atrai maior público do que a própria olimpíada. Na França, matéria do LeFigaro traz relato similar. O tema foi abordado pelo francês L’express, que afirmou que o Parque Olímpico na Barra da Tijuca “mais se parecia com um imenso centro comercial, tomado por atletas, famílias, crianças e avós”.

A energia contagiante nas arenas da Rio 2016 foi destaque no britânico Daily Mail. “A torcida nos transmite uma força sobrenatural”, disse a treinadora do time da seleção feminina de vôlei paralímpico, Bill Hamiter. Já o português Económico Online registra que mais de 300 mil bilhetes foram vendidos para turistas estrangeiros, tendo Estados Unidos, Alemanha, Reino Unido, Japão e França à frente na lista das aquisições.

A Associated Press registra que a organização dos jogos está “superando” questões orçamentárias para realização do evento “até aqui exitoso, com o público maior que o esperado e uma série de recordes nas competições”. Esse atributo técnico pode, menciona a agência, fazer as disputas no País se tornarem “ainda mais marcadas por superações de resultados que Londres 2012”, como atesta Craig Spence.

O presidente do Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur), Vinicius Lummertz, comemora essa imagem que a mídia divulga com base na ótima execução, pelo Brasil, do maior evento do planeta e ressalta a graça e hospitalidade do carioca, item mais bem avaliado pelos estrangeiros que estiveram no País para a olimpíada, de acordo com pesquisa do Ministério do Turismo.

“Trabalhamos muito para realizar esses Jogos e para reverter expectativas negativas de todo o mundo. A paralimpíada concretiza a nossa capacidade de realizar grandes eventos e, sobretudo, de encantar o mundo. Estamos colhendo frutos de um trabalho iniciado em 2009, logo após o anúncio do Rio como cidade-sede. A Embratur vai potencializar esta imagem alcançada com o evento e seguir atuando fortemente para atrair turistas estrangeiros e a entrada de divisas para o País”, completou Lummertz.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.