Série B

Em jogo com três expulsões, Criciúma e Bragantino ficam no empate

Com o empate em casa, o Tigre perdeu a chance de assumir a vice-liderança da Série B.
Gazeta Esportiva24/06/2016 às 21h32

CRICIÚMA - O Criciúma perdeu a oportunidade de assumir a vice-liderança da Série B do Campeonato Brasileiro. Nesta sexta-feira, o Tigre recebeu o Bragantino, no Heriberto Hülse, e empatou por 1 a 1, em uma partida que teve três expulsões: uma para os donos da casa (Nathan) e duas para os visitantes (Edson Sitta e Éder Lima).

O Criciúma dominou o primeiro tempo, acuando o Bragantino no campo de defesa, mas não conseguiu marcar. Na etapa final, o Massa Bruta mudou de postura e passou a atacar mais. A atitude do time paulista foi recompensada com o gol de Daniel Pereira, porém os catarinenses empataram logo na sequência com Jheimy e o jogo terminou igual.

Com o resultado, o Criciúma foi a 21 pontos e permaneceu em terceiro lugar, mas pode perder a posição para Ceará, CRB-AL e Náutico, que ainda jogam na rodada. Na próxima segunda-feira, o Tigre visita o Atlético-GO, às 20h (de Brasília), no Serra Dourada.

O Bragantino, por sua vez, perdeu a chance de deixar a zona de rebaixamento. Com o empate, o Massa Bruta foi a dez pontos e permaneceu na 18ª colocação. Os paulistas ainda podem perder uma posição, caso o Tupi-MG vença na rodada. Na próxima terça-feira, o Bragantino recebe o Ceará, às 21h30 (de Brasília).

O jogo

Os donos da casa começaram a partida controlando a posse de bola e pressionando o adversário, que se fechava na defesa. A primeira chance do Criciúma surgiu aos nove minutos. Após bola lançada para a área, Elvis desviou para o meio e por pouco Hélio Paraíba não completou para as redes. Aos 16 minutos, mais uma chegada do Tigre. Elvis cruzou para a área e Gustavo cabeceou no travessão.

O Criciúma seguia comandando as ações e não tinha seu gol ameaçado pelo Bragantino. Os catarinenses chegavam ao ataque principalmente pelo lado esquerdo e levavam perigo à meta defendida por Felipe. Aos 20 minutos, Elvis fez grande jogada individual e a bola sobrou na área para Niltinho, que girou e bateu rasteiro, mas mandou para fora. Aos 46, Gustavo quase abriu o placar em outra cabeçada, entretanto o primeiro tempo terminou sem gols.

Apático na primeira etapa, o Bragantino mudou a postura no segundo tempo. Logo aos sete minutos, o Massa Bruta quase marcou. Watson arriscou da entrada da área e Luiz fez grande defesa. Aos 28, Edson Sitta encontrou Alemão dentro da área, mas o a finalização do atacante saiu por pouco.

O Bragantino seguiu melhor em campo e foi premiado na marca de 37 minutos, quando Daniel Pereira abriu o placar em chute de fora da área que desviou na defesa e deixou o goleiro Luiz sem reação. A alegria do time paulista, no entanto, durou pouco. Aos 38, Niltinho cruzou na cabeça de Jheimy, que deixou tudo igual.

O jogo ganhou em emoção nos minutos finais. Aos 41, Edson Sitta e Nathan foram expulsos após se estranharem em uma disputa de bola. Aos 43, Bruno Pacheco entrou na área pela esquerda e cruzou fechado, obrigando Luiz a intervir e fazer importante defesa. Aos 45, Éder Lima recebeu o segundo cartão amarelo, foi expulso e deixou o Bragantino com dois a menos. O Criciúma foi para cima e teve chances nos acréscimos em duas cabeçadas de Gustavo, mas a bola não entrou e a partida terminou empatada.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.