Rio 2016

Mesmo com dúvidas sobre o zika, Djokovic garante presença no Rio 2016

"No momento, penso em atuar nos Jogos Olímpicos e nada mudou", disse o atual número 1 do mundo.
Gazeta Esportiva30/05/2016 às 16h49

RIO DE JANEIRO - Na última semana, especialistas escreveram uma carta à Organização Mundial da Saúde (OMS) pedindo o adiamento dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro por causa da ameaça do zika vírus. Embora tenha sido recusada pela entidade, a inciativa evidencia o receio de inúmeras pessoas em virem ao Rio por causa da doença transmitida pelo mosquito Aedes aegypti. Quem se mostrou confuso com a mistura de informações foi o melhor tenista da atualidade, Novak Djokovic.

O atual número 1 do mundo revelou que não conhece a situação a fundo, mas que a decisão de vir ao Rio de Janeiro para atuar nas Olimpíadas não está aberta a debate.

“Honestamente, eu já não sei mais o que pensar, necessito de mais informações para falar com detalhes. No momento, penso em atuar nos Jogos Olímpicos e nada mudou. Cogitar cancelar as Olimpíadas é uma coisa impensável. O público e muitos atletas já se programaram para ir ao Rio”, afirmou o sérvio.

Djoko ainda alertou para a questão da saúde para a população carioca, que convive diariamente com a ameaça do zika vírus.

“A saúde é importante para todos, mas não temos que pensar apenas em quem vai ao Rio. E quem mora lá? Não estão falando muito deles. Por isso, acho necessário ter perspectivas diferentes para se tirar uma conclusão”, finalizou o melhor tenista da atualidade.

Nesta terça, Djokovic voltará à cena, desta vez em quadra, para disputa das oitavas de final de Roland Garros. O adversário do sérvio é o espanhol Roberto Bautista Agut.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.