Por causa de um sósia

Pelé quer indenização de R$ 108 milhões de empresa

Ele entrou com um processo contra a empresa Samsung por usarem um sósia.
Gazeta Esportiva30/03/2016 às 15h10

SÃO PAULO - Alvo de diversas campanhas publicitárias ao redor do mundo, Pelé desgostou da última que ficou sabendo, estampada no jornal norte-americano New York Times. O Rei do Futebol entrou com um processo contra a empresa de matérias eletrônicos Samsung por usarem um sósia em uma propaganda.

O anúncio em questão discorre sobre uma televisão com imagem em 4k (altíssima resolução), em que como imagem de fundo da página está o rosto de um negro, que segundo argumentos da defesa do ex-jogador, “é muito semelhante a Pelé”. O pedido de indenização é de 30 milhões de dólares (cerca de R$ 108 mi).

Frederick Sperling, advogado que representa nomes como Pelé e Michael Jordan, entrou com ação por uso indevido de imagem na Corte Federal de Chicago. A empresa sul-coreana, no entanto, ainda não se pronunciou sobre o caso, quanto a intenção ou não de vincular a imagem do anúncio à figura de Pelé.

Pelé rompeu o contrato que tinha com a Samsung ainda em 2013. Este é um argumento usado pela defesa para alegar que o uso de um “sósia” no anúncio prejudica a imagem de Pelé em outros negócios e também com relação à empresa, já que consumidores podem achar que o brasileiro tenha voltado a se associar à marca.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.