Futebol

Fluminense deve ter desmanche no elenco após o Brasileirão

Técnico Eduardo Baptista minimizou o fato nas entrevistas.
Gazeta Esportiva20/11/2015 às 12h08

RIO DE JANEIRO - O técnico do Fluminense, Eduardo Baptista, demonstrou grande irritação no vestiário após a derrota de 1 a 0 para o Grêmio na noite de quinta-feira. Do lado de fora do espaço reservado ao Tricolor na Arena Grêmio era possível escutar os gritos do treinador, revoltado com a apática atuação dos cariocas. O comandante minimizou o fato nas entrevistas, se negou a falar do tema, mas já vem planejando um verdadeiro desmanche.

As mudanças vão começar pela defesa. Os zagueiros João Filipe, Antônio Carlos e Henrique, além do lateral esquerdo Breno Lopes já foram comunicados que não fazem mais parte dos planos do clube. Porém não serão apenas os reservas que podem sair no setor. Gum recebeu uma sondagem do Corinthians e seus representantes se animaram com a possibilidade de mudança de ares. O atleta está nas Laranjeiras desde 2009, mas desconversa quando questionado sobre o assunto.

“Desde que cheguei aqui falam que estou de saída. Em dois mil e onze foram mais de dez propostas e eu permaneci. No momento a minha cabeça está na reta final do Campeonato Brasileiro”, afirmou Gum.

Companheiro de zaga de Gum, Marlon tem sondagens do exterior e se valorizou com convocações para a Seleção Brasileira que está se preparando para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016.

No meio-de-campo o volante Jean e o meia Cícero têm propostas de fora do Brasil e não vão continuar. O apoiador Gerson já fez negócio com a Roma e viaja para a Itália em janeiro. Com contrato até dezembro, o meia Vinícius ainda não renovou. O jogador recebeu uma proposta do Palmeiras e pediu para ser afastado do elenco.

No ataque, Lucas Gomes já foi liberado para procurar outro clube, enquanto Magno Alves tem a situação analisada pela comissão técnica. Wellington Pauilista, que não agradou, também deve sair.

Apesar das saídas variadas, alguns atletas têm permanência assegurada e formarão a base do time para 2016. Casos, por exemplo, do goleiro Diego Cavalieri, do lateral direito Jonathan, de Wellington Silva, que vem atuando de maneira improvisada na lateral esquerda, dos meias Marcos Junior e Gustavo Scarpa, e dos atacantes Osvaldo e Fred.

Dentro de campo o elenco volta a jogar no domingo, quando encara o Avaí às 19h30 (de Brasília), no Estádio Kleber Andrade, em Cariacica (ES), pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.