Liga de Basquete Feminino

Tudo pronto para o início da Liga de Basquete Feminino

Competição foi lançada oficialmente nessa terça-feira em São Paulo.
Imirante Esporte com informações da LBF18/11/2015 às 09h34

SÃO PAULO - Está tudo pronto para o início da sexta edição da Liga de Basquete Feminino (LBF). Na manhã desta terça-feira (17/01), em evento realizado na cidade de São Paulo (SP), a temporada 2015/2016 do principal campeonato de basquete para feminino do Brasil foi oficialmente lançado.

A cerimônia de lançamento da competição foi realizada no Teatro Omni Corinthians, na sede do Sport Club Corinthians Paulista, na Zona Leste de São Paulo (SP), e contou com as presenças de atletas, técnicos e dirigentes das equipes participantes, lendas do basquete feminino e demais convidados. Na coletiva, participaram o Presidente da LBF, Márcio Cattaruzzi, do vice-presidente da LNB, João Fernando Rossi, e da ex-jogadora Hortência Marcari.

“Para nós da Liga de Basquete Feminino é um móvito de muito orgulho realizar um evento de uma magnitude como esse. Nesta temporada tempos a novidade de contar com a parceria da Liga Nacional de Basquete, que será muito importante para nós em todos os sentidos”, comentou Márcio, presidente da LBF.

Para a temporada 2015/2016, foi definido que as equipes a LBF se enfrentarão em turnos dobrados. Os seis times da competição jogarão entre si em quatro oportunidades, sendo duas vezes como mandante e outras duas como visitante, totalizando 20 partidas realizadas por equipe ao final da fase de classificação.

A fase de classificação terá duração até o início do mês de abril de 2016. As quatro equipes melhores colocadas na primeira fase garantem vaga direta para a fase semifinal dos playoffs, que será disputado em série melhor de três jogos, com a equipe de pior campanha sediando o primeiro jogo e o time de melhor campanha realizando as duas últimas partidas em casa.

Já a grande decisão do campeonato nacional será realizada em uma série melhor de cinco jogos, com a equipe de melhor campanha sendo sede dos jogos 1, 2 e 5 e o time de pior campanha atuando em casa nos jogos 3 e 4.

A Liga de Basquete Feminino (LBF) é uma competição patrocinada pela Bombril e conta com o apoio da Spalding, da Liga Nacional de Basquete (LNB) e chancela da Confederação Brasileira de Basketball (CBB).

“É uma honra para a Liga Nacional de Basquete ajudar a LBF no que for necessário. Para nós não existe diferença no basquete, não existe masculino ou feminino. O esporte é só um e o público-alvo é só um. Estamos muito orgulhosos em ver que todos os representantes da LNB aceitaram e comprar a ideia de fazer uma parceria com a LBF”, comentou Rossi, Vice-presidente da Liga Nacional de Basquete.

As equipes

Maior vencedor da história do campeonato nacional feminino e dono do troféu de campeão das últimas duas edições, o Americana entra na temporada 2015/2016 buscando não só manter sua soberania na LBF, como também em toda a categoria do esporte da bola laranja no Brasil.

As comandadas do técnico Antonio Carlos Vendramini começaram a temporada 2015/2016 a todo vapor, com a conquista do campeonato estadual paulista, no mês de setembro, e com o troféu de campeão da Liga Sul-Americana 2015, no mês de outubro.

Já o Santo André, que foi o adversário do Americana na final do campeonato paulista, entra na 6ª edição do campeonato nacional feminino com diversas novidades. Após mais de 40 anos trabalhando como técnica no Santo André, Laís Helena agora trabalha como supervisora do time andreense e o comando técnico será feito pela Arilza Coraça, que trabalhava como assistente técnica de Laís. Além disso, a equipe da Região ABC de São Paulo é dona do elenco mais jovem de todo o campeonato, com apenas 21,9 anos.

Além da presença das duas equipes, a LBF também conta com a participação de mais quatro times para a atual edição do campeonato. São eles: Uninassau/América (PE), Sampaio Correa Basquete (MA), Maranhão Basquete (MA) e Presidente Venceslau (SP).

Vice-campeão da última edição da LBF, o América de Recife procura melhorar ainda mais seu desempenho no campeonato. Na temporada passada, o time pernambucano foi dono do melhor ataque, com 90,5 pontos de média, e da melhor defesa, com apenas 57,3 pontos sofridos por jogo, e só parou na decisão da competição.

Para a temporada 2015/2016 o time comandado pelo técnico Roberto Dornellas sofreu com a perda de suas três cestinhas da edição passada do campeonato, Tiffany Hayes, Tamera Young e Erika de Souza, mas se reforçou muito bem com dez novos nomes para seu elenco, em especial a armadora Débora, ex-São José, e a ala Ariadna, que foi campeã com o Americana na temporada passada.

Um dos clubes mais tradicionais do futebol na Região Nordeste do país, o Sampaio Correa agora também quer mostrar sua força do esporte da bola laranja. Para que isso aconteça, a equipe do Estado do Maranhão apostou forte e montou um elenco composto por grandes nomes e comandado por uma técnica experiente.

Sob o comando da cubana Lisdeivis Pompa, o Sampaio Correa terá em quadra nomes de peso como a das armadoras norte-americanas Erica Wheeler e Crystal Bradford, das alas Iziane, Palmira e Isabela Ramona, e a pivô Nádia Coelho.

Dono de aproveitamento perfeito em classificações para os playoffs em sua história na LBF, com quatro classificações em quatro temporadas, o Maranhão Basquete, mais um representante do Estado do Maranhão, busca por resultados melhores na hora chave do campeonato nacional. O time maranhense buscou se reforçar bem com jogadoras estrangeiras e contratou a dupla cubana da armadora Ineidis Casanova e da a ala/pivô Clenia Noblet, destaques na campanha da medalha de bronze de Cuba nos Jogos Pan-Americanos 2015.

Para finalizar, o Presidente Venceslau, sétimo colocado na última temporada e eliminado na fase quartas de final dos playoffs, entra na sexta edição da LBF com elenco reformulado e com o objetivo de fazer frente com qualquer equipe da competição.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.