Campeonato Brasileiro

Na luta contra a degola, Coritiba derrota Goiás

Apesar da vitória em Goiânia, o Coxa segue na zona de rebaixamento.
Gazeta Esportiva18/11/2015 às 23h06

GOIÂNIA - Em uma verdadeira final às avessas contra o fantasma da degola do Campeonato Brasileiro, o grande campeão do alívio foi o Coritiba, que bateu o Goiás por 3 a 1, em pleno Estádio Serra Dourada, e segue respirando em sua luta para seguir na Série A. Com o resultado, os paranaenses chegaram aos 37 pontos. Já a equipe goiana, com 34 pontos, caiu para a 18ª colocação e aumenta seu drama.

O Coxa precisou de apenas 30 segundos para abrir o placar, com Juan, que aproveitou passe de Henrique Almeida para chutar para o fundo das redes. Aos 47 minutos, João Paulo acertou uma bomba para ampliar. Depois do intervalo, o time esmeraldino ensaiou uma pressão, e descontou com Fred, com cobrança de falta, aos 34 minutos. Mas, ficou por aí.

Na próxima rodada, o Goiás enfrenta o Atlético Mineiro, domingo, no Estádio Independência, em Belo Horizonte. Já o Coritiba recebe o Santos, no mesmo dia, no Estádio Couto Pereira, com os portões fechados.

Se o plano do Coritiba era fazer um rapidamente para deixar o nervosismo para o adversário, ele foi colocado em prática de forma fenomenal. Com menos de 30 segundo de bola rolando, Felipe Macedo falhou, Henrique Almeida ganhou a jogada, rolou para trás, e Juan bateu para estufar as redes e abrir o placar. Felipe Macedo não podia tocar na bola e o torcedor vaiava sem dó, desestabilizando ainda mais a defesa esmeraldina.

O time esmeraldino tentou responder aos nove minutos, com Forster cobrando falta para o meio da área, mas encontrando uma defesa bem postada para afastar. Aos 18 minutos, abriu espaço e arriscou o chute de longe, fácil para Wilson, que ficou com a bola. Os donos da casa ficavam mais tempo com a bola, mas o Coritiba estava fechado, esperando para contra-atacar.

As oportunidades, quase todas sem perigo, se resumiam a lances de bola parada. Aos 30 minutos, João Paulo cobrou falta na entrada da área e carimbou a barreira. Na resposta, aos 34, Forster levantou na área e Fred desviou por cima da meta. O técnico Pachequinho foi obrigado a queimar a primeira alteração aos 42 minutos, com Negueba saindo machucado para a entrada de Ruy. Até que, fechando o primeiro tempo, já nos acréscimos, João Paulo soltou um petardo para fazer um golaço.

Para a etapa final, o Goiás voltou com Erik no lugar de Arthur. Os goianos tentaram começar uma pressão, mas deixava espaço. Aos cinco minutos, Ruy aproveitou esse buraco para chegar na entrada da área e arriscar o chute, mas foi travado no momento certo por Gimenez. Aos sete minutos, Erik marcou de cabeça, mas a arbitragem anulou para marcar o impedimento.

Em mais uma cobrança de falta na área, aos 12 minutos, Forster mandou a bola para o meio da confusão e Wilson ficou com ela. Aos 16 minutos, já no desespero, Bruno Henrique partiu para a jogada individual, deixou a defesa coxa-branca para trás, mas no momento do chute acertou na zaga. Na resposta, aos 25 minutos, Ruy cruzou, Renan afastou e Thiago Lopes aproveitou o rebote para praticamente recuar para o goleiro. Mais Coritiba no ataque, um minuto depois, com Henrique Almeida, que dentro da área tocou fraco, facilitando a vida de Renan.

E o Goiás chegou a seu gol, aos 34 minutos, exatamente em cobrança de falta, de Fred, que mandou sobre a barreira, no canto direito, para descontar. O Coxa recuou perigosamente e, ao invés de administrar, começou a passar sufoco. Aos 37, foi a vez de Bruno Henrique arriscar e o goleiro alviverde defender. Mas, aos 48 minutos, Henrique Almeida aproveitou mais uma falha defensiva do Goiás para ganhar da defesa e bater na saída do goleiro para fechar a contagem. Com mais sorte do que juízo no segundo tempo, o Coritiba conseguiu segurar a vitória e ultrapassar um adversário direto na luta contra o rebaixamento.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.