Série B

Lisca assume comando do Ceará após demissão de Marcelo Cabo

O ex-treinador do Timbu já havia sido procurado pelos dirigentes cearenses.
Gazeta Esportiva30/09/2015 às 10h18

FORTALEZA - O Ceará continua sofrendo com a constante troca de técnicos no decorrer da Série B. Sem conseguir emplacar na competição e exibir um desempenho aquém das expectativas, já que o Alvinegro era considerado um dos favoritos ao acesso, a diretoria não pensou duas vezes e demitiu Marcelo Cabo. Quem chega para substituir o ex-comandante do Vozão é o técnico Lisca, que fez bom início de campeonato com o Náutico.

O ex-treinador do Timbu já havia sido procurado pelos dirigentes cearenses na época em que comandava o time pernambucano. Entretanto, o bom momento pelo qual a equipe vinha atravessando fez com que Lisca optasse por ficar em Recife.

Quem teve a responsabilidade de assumir o cargo deixado pela demissão de Silas no Ceará foi Geninho que, depois de conquistar o acesso na temporada passada com o Avaí, não conseguiu tirar o Vozão da zona de rebaixamento da Segundona. Logo em seguida, a diretoria do clube cearense optou por apostar no treinador, à época no Macaé, Marcelo Cabo. O carioca até conseguiu afastar o time da lanterna, entretanto, nos últimos cinco jogos o elenco não conquistou nenhuma vitória, o que foi a gota d’água para sua saída.

A boa notícia para o torcedor é que, apesar de Lisca assumir o comando no fim da temporada, o treinador terá 20 dias para poder trabalhar e conhecer melhor o elenco antes do difícil confronto contra o líder da competição, o Botafogo, fora de casa. Faltando nove rodadas, o Ceará tem que diminuir uma distância de cinco pontos para o primeiro time fora da zona de rebaixamento, que atualmente é o Macaé.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.