Copa do Brasil

Flu visita Grêmio em clima de ‘guerra’ na decisão da Copa do Brasil

Jogadores estão encarando o confronto como uma verdadeira batalha.
Gazeta Esportiva30/09/2015 às 10h52

PORTO ALEGRE - Uma “guerra de tricolores”. Assim está sendo chamado o confronto entre Grêmio e Fluminense, que se enfrentam nesta quarta-feira, às 22h(de Brasília), na Arena Grêmio, em Porto Alegre (RS), em duelo válido pela rodada de volta das quartas de final da Copa do Brasil. Torcedores dos dois lados e até mesmo os jogadores estão encarando o confronto como uma verdadeira batalha.

Na partida de ida as duas equipes empataram sem gols, o que deixa o confronto ainda mais em aberto. Isso porque o ganhador avança e novo 0 a 0 forçará a disputa de pênaltis. Já igualdade com gols garante os cariocas, uma vez que os tentos anotados como visitante valem para critério de desempate. O Fluminense, que vinha de uma série de tropeços, conseguiu ganhar do Goiás por 2 a 0 no fim de semana, pelo Brasileirão, e chega com ânimo renovado. Os gremistas também estão embalados pelo triunfo de 3 a 1, que manteve vivo o sonho do título do Brasileirão. Assim, o clima do jogo é mesmo de guerra.

“Não tenho dúvida que será uma guerra, mas logicamente uma guerra sadia pois é esporte, futebol. Podemos de repente estar em uma semifinal de Copa do Brasil e um time como o Fluminense está sempre perseguindo títulos. Vamos entrar em campo, jogar, lutar, guerrear, enfim, fazer o possível e o impossível para trazer a classificação para o Rio de Janeiro”, avisou Eduardo Baptista, técnico do Fluminense.

Ciente do clima de batalha, Roger Machado, técnico do Grêmio, espera contar com o apoio da torcida: “Não podemos abrir mão da torcida e espero que ela esteja mais uma vez conosco, pois tem sido o combustível desse time. O jogo contra o Fluminense vai ser complicado, pois o time deles ganhou no fim de semana e chega motivado. Vamos precisar fazer um grande confronto para avançarmos”.

A qualidade dos times é enaltecida pelos jogadores, que estão prevendo uma batalha decidida nos detalhes.

“Não vai ser um jogo tranquilo. Os dois times contam com jogadores de grande qualidade técnica, que podem decidir o jogo a qualquer momento. O Grêmio joga em casa e isso é a nossa vantagem, mas não nos garante nada. O Fluminense é um time muito perigoso e por isso mesmo vamos precisar estar atentos ao longo dos noventa minutos”, avisou o goleiro gremista Marcelo Grohe.

Na visão do atacante Fred, se o Fluminense quiser vencer o jogo vai precisar neutralizar os pontos fortes do Grêmio: “O Grêmio é um time muito forte no meio-de-campo e de muita movimentação no ataque. Vamos precisar marcá-los bem para não darmos nenhum espaço, pois pode ser fatal. O Fluminense vai ter que neutralizar bem os pontos fortes do Grêmio e depois encontrar a melhor maneira de construir o resultado, pois também temos atletas em condições de decidir a partida. Se marcarmos um gol podemos deixar o jogo a nosso feitio”.

Em termos de escalação o Grêmio terá novidades. Como aconteceu na semana passada, o zagueiro Bressan, que já disputou a Copa do Brasil pelo Flamengo, fica de fora. Assim, Rafael Thyere volta à zaga para compor o setor com o equatoriano Erazo. Poupado durante o fim de semana, o experiente meia Douglas assume a vaga de Pedro Rocha. O volante Maicon, com lesão muscular na coxa, é o principal desfalque. Edinho segue na equipe.

A dúvida do técnico Roger Machado está no ataque. Como Douglas volta ao time, um dos quatro homens de frente na partida contra o Avaí tem de deixar a equipe. Considerando que Luan e Giuliano são titulares desde o início do ano, a dúvida é entre Bobô e Pedro Rocha. “A curiosidade fica até a hora do jogo”, disse o técnico gremista, ampliando o mistério.

Satisfeito com o que viu na vitória sobre o Goiás, Eduardo Baptista vai repetir a base da escalação daquele jogo. Porém, sem Ronaldinho Gaúcho, que não jogará mais pelo clube e será substituído por Marcos Junior. Ele segue sem poder contar com o lateral-direito Wellington Silva, com lesão na perna direita, e também não terá o volante Edson, hoje na reserva e suspenso por acúmulo de cartões amarelos.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.