Série B

Macaé recebe o Paraná com ambos precisando da vitória

Partida ocorre nesta terça-feira, no Estádio Cláudio Moacyr.
Gazeta Esportiva21/07/2015 às 10h39

MACAÉ - O Macaé recebe o Paraná Clube nesta terça-feira, às 19h30(de Brasília), no Estádio Cláudio Moacyr, em Macaé (RJ), em jogo isolado que abre a 14ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Os macaenses buscam a reação após a derrota de 3 a 1 para o Mogi Mirim, no interior paulista, que deixou o time estacionado nos 21 pontos, em oitavo lugar. Já os paranistas tentam embalar após golearem o ABC por 4 a 1 no Nordeste. Ganhar é fundamental para os paranaenses, que somam apenas 15 pontos e flertam perigosamente com a zona de rebaixamento.

Marcelo Cabo, técnico do Macaé, pediu aos seus jogadores que tenham a mesma postura exibida em grandes atuações dentro de casa.“Temos uma boa campanha em casa e temos que saber tirar proveito desta situação. Não vamos ter vida fácil. O Paraná está empolgado, mas podemos nos impor se tivermos uma atitude vitoriosa”, disse Cabo.

Já Fernando Diniz, comandante do Paraná, promete uma postura ofensiva.“Não podemos escolher jogos a vencer e vamos precisar ter uma postura única, longe ou dentro de casa. Respeitamos o Macaé, mas vamos em busca dos três pontos”, afirmou Diniz.

Em termos de escalação o Macaé terá mudanças. Com o zagueiro Filipe Machado negociado com o futebol do Irã, Brinner seguirá como companheiro de Douglas na zaga. O volante Thiago Cardoso e o meia Marquinho, que cumpriram suspensão diante do Mogi Mirim, reaparecem nas vagas de Dos Santos e Fernando Santos, respectivamente.

A vitória maiúscula diante do ABC, por goleada, que chegou a fomentar comparativos do time com o tiki taka espanhol do Barcelona, deu uma nova motivação ao Paraná Clube, que sob o comandado do técnico Fernando Diniz promete uma nova postura para se reabilitar na classificação e criar as condições do time sonhar novamente com o acesso. Para isso, arrancar pontos fora de casa é fundamental.

O zagueiro Luciano Castán acredita que a chegada do novo comandante já criou um novo ambiente propício para a arrancada paranista. “Quando ele (Diniz) chegou a gente estava um pouco cabisbaixo, receoso do que estava para acontecer, mas ele já colocou o espírito de vencedor na equipe, conseguiu resgatar isso. É um trabalho feito no dia a dia, com os pés no chão, mas a equipe já deu uma boa resposta dentro de campo, que é o que importa, e tende a melhorar ainda mais”, avaliou.

Para a partida, o treinador não contará com o volante Jean e o meia Rafael Costa, que receberam o terceiro cartão amarelo, em Natal. Já o volante Éder foi vetado pelo departamento médico por conta de uma lesão na coxa. A tendência pela entrada do lateral-esquerdo Fernandes, com Rafael Carioca ou Lucas Pará entrando no meio-campo. Na transição entre a defesa e o ataque, Leandro Vilela deve ser a aposta.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.