Campeonato Mineiro

Galo vira sobre Cruzeiro no Mineirão e se classifica para final

Lucas Pratto foi decisivo com dois gols marcados contra maior rival.
Gazeta Esportiva19/04/2015 às 18h22

BELO HORIZONTE - O Atlético conseguiu se classificar para a final do Campeonato Mineiro ao vencer o Cruzeiro por 2 a 1, de virada, no Mineirão. Com dois gols do argentino Lucas Pratto, o Galo mantém uma marca de 11 jogos sem perder para o rival Cruzeiro. Agora, a equipe alvinegra aguarda o resultado entre Caldense e Tombense para descobrir quem será seu adversário na decisão do estadual.

O Cruzeiro entrou em campo precisando de um empate para chegar à final. A Raposa começou o jogo embalada até o gol de De Arrascaeta, que veio aos 11 minutos do primeiro tempo. Com o placar de 1 a 0 favorável ao rival, o Atlético teve uma reação em campo, atuando de forma mais ofensiva, com Lucas Pratto e Luan sempre chegando à área rival. Apenas na segunda metade do primeiro tempo é que o Cruzeiro decidiu retomar a postura dos minutos iniciais. Com Alisson criando boas jogadas, Damião e De Arrascaeta ficaram livres para atuar mais à frente.

Na segunda etapa, o ritmo do jogo ficou mais intenso e equilibrado, principalmente após o gol marcado por Lucas Pratto, aos 9 minutos. O argentino conseguiu virar o jogo aos 44, garantindo sua equipe na final do Campeonato Mineiro. A partida ficou marcada por uma polêmica na arbitragem. Pouco antes do gol da virada, Damião foi atingido por Edcarlos na área atleticana, mas o árbitro Héber Roberto Lopes mandou seguir com a partida.

O jogo

Logo aos três minutos, Dátolo conseguiu invadir a área celeste pela direita, rolando a bola para Carlos. Mas o jogador acabou perdendo o lance para a zaga do Cruzeiro. Pouco depois, Damião recebeu um arremesso de lateral na grande área e, bem posicionado, tentou buscar algum colega para tocar a bola, mas não havia ninguém disponível. Numa tentativa de contra-ataque, Carlos César arrancou pela esquerda e cruzou para Pratto, que arriscou de primeira, mirando o canto esquerdo de Fábio. A bola acabou indo para fora, embora tenha assustado a zaga da Raposa.

Com 11 minutos, veio o gol do Cruzeiro. Em boa jogada, Willian tirou a bola na lateral e cruzou para a área atleticana. Victor espalmou, mas a redonda sobrou nos pés do uruguaio De Arrascaeta, que aproveitou a sobra para balançar as redes do rival. A partir deste lance, o Atlético reagiu em campo, apresentando uma postura mais ofensiva e chegando à área o tempo todo, mas pecando na hora da finalização, principalmente nas jogadas de Carlos.

Aos 25, Pratto deixou Henrique e Fabrício para trás, em uma boa jogada, e acabou levando uma entrada de Fabrício próximo à área. O Atlético precisou realizar a cobrança duas vezes. A chance. Com 30 minutos, Dátolo cobrou escanteio e Carlos recebeu na área, cabeceando em direção ao gol. Mas o arqueiro celeste conseguiu salvar o lance.

Na volta do intervalo, as duas equipes voltaram em ritmo mais equilibrado. Ambos criaram chances para contra-atacar. Em uma das oportunidades, aos 9 minutos, Lucas Pratto aproveitou para igualar os marcadores no Mineirão. O argentino trocou passes com Guilherme até chegar na área celeste e mandou a bola por cima de Fábio, marcando o tento do Galo na partida. No minuto seguinte, Fabiano cruzou para Arrascaeta, que fez um voleio na área do Atlético, mas errou na finalização. Os lances que se seguiram intercalaram boas atuações de ambos os times. Com 25 minutos, Fabiano foi expulso por dar uma cotovelada em Carlos.

Aos 40 minutos, Damião foi atingido por Edcarlos na área do Atlético. O árbitro Héber Roberto Lopes mandou seguir com o jogo, mas o atacante ficou caído na área pedindo por pênalti. Pouco depois, aos 44, Pratto virou o placar para o Atlético. O argentino recebeu um cruzamento de Guilherme e cabeceou, virando o jogo a favor do time alvinegro.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.