Série B

América Mineiro pode garantir acesso no 'tapetão'

Se o Icasa for excluído, o Coelho sobe na tabela e toma a vaga do Avaí.
Gazeta Esportiva02/12/2014 às 19h26

BELO HORIZONTE - Aguardando o julgamento do Icasa, no Tribunal Pleno, o América-MG vê novamente a chance de retornar à primeira divisão do futebol. A goleada sobre o Sampaio Corrêa por 4 a 0, no sábado, dia 30, não foi o suficiente para garantir o acesso do time mineiro à elite do futebol em 2015. O Coelho ficou em quinto lugar com dois pontos a menos que o Avaí, último classificado para a série A. Ainda assim, o clube pretende brigar pelos resultados conquistados em campo. Não fosse a punição da escalação irregular do lateral esquerdo Eduardo, que resultou na perda de seis pontos, o América estaria em terceiro lugar na tabela, com 67 pontos.

O Icasa foi excluído da Série B do Campeonato Brasileiro pela Quarta Comissão Disciplinar, no dia 29 de agosto, por entrar na Justiça Comum reivindicando a vaga do Figueirense. A alegação era de que o clube catarinense havia escalado irregularmente o volante Luan em confronto com o América-MG, em maio de 2013. Mas a equipe de Juazeiro do Norte acabou realizando a denúncia na Justiça Comum antes que todas as instâncias da Justiça Desportiva fossem esgotadas e, por isso, foi punida pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) com a exclusão do campeonato. Dessa forma, o Icasa só conseguiu disputar a segunda divisão sob efeito de liminar.

Caso o Icasa seja excluído do campeonato definitivamente, o América conquistaria os dois pontos perdidos no empate com o clube de Juazeiro, na 34ª rodada, e o Avaí perderia os seis pontos adquiridos nas duas vitórias sobre a mesma equipe. Com as esperanças renovadas, o Coelho aguarda o julgamento do caso, no Tribunal Pleno, marcado para 18 de dezembro. Se o Icasa não for punido, Marcos Salum, presidente do América, anunciou que a posição do clube mineiro será a de entrar na Justiça Comum para recuperar os pontos perdidos.

“Se o Icasa entrou na Justiça Comum e não for punido, o América tem todo o direito de entrar na Justiça Comum. Ainda temos esperança de fazer prevalecer o que conquistamos dentro de campo”, declarou.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.