No México

Canoagem brasileira disputa prova de olho em vagas do Pan de Toronto

Delegação nacional com 14 canoístas disputa, a partir deste sábado (12), Campeonato Pan-Americano da modalidade.
ImiranteEsporte.com, com informações do Planalto10/07/2014 às 09h14

SÃO LUÍS – Os atletas brasileiros da canoagem disputam, neste sábado (12) e domingo (13), o maior desafio rumo aos Jogos Olímpicos de 2016. Os canoístas enfrentam o Campeonato Pan-Americano de Canoagem Slalom 2014, que será disputado na cidade de Huauchinango, no México. A competição é classificatória para os Jogos Pan-Americanos de Toronto 2015.

O auxiliar-técnico da equipe Guille Diez-Canedo lembra que os brasileiros estão em um bom ritmo e bem competitivos. "Estamos treinando bem e crescendo de nível, em alguns casos acima de outros países", disse. Muitos dos canoístas acabam de voltar de uma temporada de competição na Europa.

Cidadanias

O superintendente da Confederação Brasileira de Canoagem, Argos Gonçalves Rodrigues, comenta o momento controverso que a modalidade está passando, na questão dos selecionados nacionais onde vários atletas estrangeiros estão recebendo cidadanias para representarem determinados países. "Nossa previsão era obter medalhas em todas as categorias nos Jogos Pan-Americanos 2015. Hoje, esta assertiva mudou consideravelmente em virtude dos franceses, poloneses e eslovenos que estão representando os Estados Unidos, Argentina e Canadá", diz.

O Brasil, também, poderia utilizar as mesmas armas, pois vários atletas europeus se mostraram interessados em se naturalizarem para representar o Brasil no Rio 2016. "Mas que benefício isso traria para a modalidade? Se ao menos pretendessem residir aqui e auxiliar no desenvolvimento do esporte, conhecer a nossa cultura e aprender o idioma, mas na grande maioria os atletas pretendem apenas disputar os Jogos Olímpicos. Por esse motivo o Brasil vai continuar investindo no crescimento interno da modalidade através dos atletas que representam os núcleos locais, mesmo que para isso tenhamos que abrir mão de eventuais medalhas", informa Rodrigues.

Veja a delegação brasileira que disputa o Pan-Americano da modalidade:

K1 Masculino: Pedro Henrique Gonçalves, Fábio Scchenna e Ricardo Martins Taques;

K1 Feminino: Ana Sátila, Marina Souza e Milene Wolf;

C1 Masculino: Felipe Borges da Silva e Leonardo Curcel;

C2 Masculino: Anderson Oliveira, Charles Corrêa, Wallan de Carvalho, Welton de Carvalho, Cassiano Alfredo e Wellington Munhoz.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.