Tênis

Mesmo com oponente mais fraco, Bellucci perde e Brasil cai na Davis

Gazeta Esportiva15/09/2013 às 17h27

Neste domingo, Thomaz Bellucci iria entrar em quadra em Neu-Ulm (ALE) para enfrentar Philipp Kohlschreiber na Copa Davis. Porém, uma substituição de última hora colocou o menos experiente Daniel Brands no caminho do paulista. Porém, mesmo diante de um adversário mais frágil, o brasileiro, que jogou no sacrifício por conta de uma lesão no ombro direito, não foi capaz de manter o time de seu país vivo no duelo contra a Alemanha, na repescagem da Copa Davis.

Em apenas três sets, Bellucci perdeu para Brands, que fechou o confronto com parciais de 6/4, 6/2 e 6/3. Com o resultado positivo a favor dos germânicos, a Alemanha faz 3 a 1 na série e se garante na elite da competição em 2014. Já o Brasil terá que jogar no Grupo I do zonal americano na próxima temporada.

O confronto não começou nada bem para o brasileiro Thomaz Bellucci e, no primeiro set, o paulista não conseguiu se aproveitar do bom momento que vivia na partida, deixou o alemão Daniel Brands reagir e perdeu a parcial por 6/4.

Na segunda parcial, Thomaz Bellucci caiu ainda mais de produção e o Daniel Brands não teve muitas dificuldades para fechar a parcial com 6/2 e abrir 2 sets a 0 no embate.

A partir deste momento, o tenista da casa somente foi se aproveitando da fragilidade do brasileiro e, sem maiores preocupações, Daniel Brands marcou 6/3 no terceiro set e concluiu o jogo.

Austrália vence – Também neste domingo, a Austrália venceu a série contra a Polônia. O responsável por marcar o decisivo ponto foi Bernard Tomic, que derrotou Lukasz Kubot por 3 sets a 0, aplicando 6/4, 7/6 (7-5) e 6/3. Assim, a Austrália está de volta ao Grupo Mundial, o qual não disputava desde 2007.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.