Basquete

Na estreia da Copa América, Brasil perde para Porto Rico

Gazeta Esportiva30/08/2013 às 21h32

CARACAS (VENEZUELA) - Sem os jogadores da NBA, a Seleção Brasileira masculina de basquete tinha pela frente um dos times favoritos às vagas para o Mundial logo na estreia da Copa América. O time comandado por Rúben Magnano iniciou sua saga nesta sexta-feira, em Caracas, diante de Porto Rico, teve bons momentos ao longo do jogo, mas não conseguiu se manter à frente no placar e foi derrotado por 72 a 65.

Ao longo da partida, a Seleção Brasileira teve bons momentos do jogo, mas mostrou muitas falhas na marcação. Marcelinho Huertas foi o cestinha verde e amarelo, com 16 pontos, mas, do outro lado da quadra, Renaldo Balkman mostrou que estava em noite inspirada. O jogador caribenho não foi parado pela defesa Magnano e marcou 24 pontos.

Logo no início do jogo, o Brasil deixou claro que sentiria a ausência de sua principais estrelas - Leandrinho, Anderson Varejão, Nenê Lucas Bebê, Lucas Bebê e Victor Faverani pediram dispensa da Seleção -, e Porto Rico aproveitou para abrir vantagem no placar. Diante de uma equipe verde e amarela perdida, o time caribenho se manteve à frente ao longo do primeiro quarto e fechou a parcial por 15 a 12.

A diferença só não foi maior porque Marcelinho Huertas fazia uma boa apresentação. Responsável pela armação, o jogador que abandona pelas outras “estrelas da Seleção” comandou o time treinado por Rúben Magnano. Desta forma, antes do intervalo, o Brasil chegou a igualar o marcador, mas ainda terminou o primeiro tempo dois pontos atrás: 31 a 29.

A conversa com o treinador do argentino no intervalo, porém, mexeu com os jogadores brasileiros, que voltaram com uma postura muito diferente para o segundo quarto. Huertas passou a ser ajudado por seus companheiros e o Brasil venceu a parcial por cinco pontos, chegando ao último quarto em vantagem.

Apesar de ter recuperado o bom momento, a Seleção Brasileira não soube se manter à frente do placar, e viu Porto Rico chegar à virada nos minutos finais. A equipe verde e amarela errou bastante no ataque, os caribenhos aproveitaram as jogadas ofensivas e, depois que abriram vantagem, seguiram em busca da primeira vitória, por 72 a 65, na competição continental.

Na luta por uma vaga no Mundial – a Copa América garante quatro seleções na competição -, o Brasil volta às quadras apenas no próximo domingo, ganhando um dia de folga. O time comandado por Rúben Magnano enfrenta o Canadá, às 121h30 (de Brasília). Ainda na primeira fase, os brasileiros terão pela frente Uruguai e Jamaica.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.