seleção brasileira

Veterano, Daniel Alves diz que Seleção pagava por outras gerações

Gazeta Esportiva10/06/2013 às 17h53

PORTO ALEGRE - Daniel Alves estava presente não só na Seleção eliminada nas quartas de final da Copa do Mundo de 2010, mas também em todos os quase quatros anos em que o Brasil ficou sem vencer um campeão mundial. Mesmo assim, acredita que ele e seus colegas sofriam com uma herança deixada por outros.


“Esse grupo estava pagando por outras seleções. Fazia muito tempo que não ganhava, mas não era esse grupo. Trabalho com humildade, dedicação e confiando na proposta do treinador, a gente começa a colher os frutos”, disse o lateral direito. “Esse é o peso que tiramos das costas”, prosseguiu ao falar da vitória por 3 a 0 sobre a França.


Dos tabus quebrados com o triunfo na Arena do Grêmio, o jogador do Barcelona não fez parte completamente só dos 21 anos sem bater os franceses, embora tenha alguma parcela de culpa, já que estava presente na derrota por 1 a 0 em amistoso disputado em 2011, em Saint-Denis.


Mas, como um veterano no time brasileiro, conhece bem a pressão. “Aqui, só trabalhar bem não serve. Seleção vive de vitórias. Por mais que você faça as coisas direitinho, não adianta nada se não ganhar, infelizmente. Mas estamos construindo um grande grupo e tenho certeza de que os frutos serão bonitos no futuro.”


O camisa 2 ainda avisa: o time está pronto para ser cobrado. “Queremos ser cobrados como jogadores de Seleção. Sabemos que a galera não tem tanta paciência, mas quem joga somos nós. No final, tenho certeza de que aparecerão nossos jogadores ofensivos”, apostou.

Daniel Alves vibra com Lucas: veterano vê jovem Seleção mais tranquila após vencer a França.(Foto:Sérgio Barzaghi/Gazeta Press)


Para ler mais notícias do Imirante Esporte, clique em imirante.com/esporte. Também siga o Imirante no Twitter e curta nossa página no Facebook

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.