Campeonato Brasileiro

Botafogo vence Coritiba em casa e dorme em 10º lugar no Brasileirão

Victor Cuesta e Tiquinho Soares balançaram a rede no Nilton Santos.

Igor Santos/Agência Brasil

- Atualizada em 17/09/2022 às 21h56
O Glorioso ultrapassou momentaneamente Bragantino e Santos, subindo para o 10º lugar na tabela.
O Glorioso ultrapassou momentaneamente Bragantino e Santos, subindo para o 10º lugar na tabela. (Foto: Vitor Silva/Botafogo)

RIO DE JANEIRO - O Botafogo entrou em campo diante do Coritiba, neste sábado (17), no Estádio Nilton Santos, vivendo um incômodo jejum de três jogos sem marcar dentro da própria casa. Ele se estendeu por quase 75 minutos, mas enfim terminou com final feliz: vitória de 2 a 0 na 27ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. Victor Cuesta e Tiquinho Soares marcaram os gols alvinegros, que permitiram à equipe carioca chegar aos 34 pontos. O Glorioso ultrapassou momentaneamente Bragantino e Santos, subindo para o 10º lugar na tabela. Já o Coxa segue preocupado com o rebaixamento, já que agora o Avaí, a primeira equipe do Z4, soma os mesmos 28 pontos do clube paranaense. Em caso de vitória do Cuiabá neste domingo (18) contra o grande rival coxa-branca, o Athletico-PR, o Coritiba fechará a rodada entre os quatro últimos.

Neste sábado (17), os pouco mais de 15 mil torcedores presentes viram um primeiro tempo morno, apenas um pouco mais quente do que a gélida noite no Rio de Janeiro. Júnior Santos foi responsável pelo lance de maior perigo. Ele fez boa jogada individual pela direita e chutou de perna esquerda. O goleiro Gabriel desviou e depois a bola acertou a trave. No rebote, Jeffinho finalizou para fora. 

O Coritiba teve uma boa oportunidade, mas Fabrício Daniel tocou para fora na saída de Gatito Fernández, aos 26 minutos.

Na segunda etapa, o jogo esquentou bastante. Antes dos dez minutos, o Coxa criou duas boas oportunidades, primeiro em chute de Alef Manga e posteriormente em finalização de Fabrício Daniel, mas Gatito espalmou ambas. 

O Botafogo, por sua vez, acertou duas bolas na trave num intervalo de três minutos. Aos nove minutos, Júnior Santos, novamente, finalizou cruzado, de direita e parou na trave. Aos doze, a cabeçada de Victor Sá encontrou o mesmo destino.

Na reta final, quando a torcida já estava mais do que impaciente com outra noite sem gols, o Botafogo encontrou a vitória em dois lances praticamente consecutivos. Aos 29, Marçal cobrou falta na área e Victor Cuesta apareceu na primeira trave para completar de cabeça e abrir o placar, enfim encerrando o jejum botafoguense.

Aos 32, Eduardo se aproveitou de trapalhada de Luciano Castán, roubou a bola e avançou até a área. Lá, percebeu a chegada de Tiquinho Soares e apenas rolou para o atacante marcar seu primeiro gol pelo Botafogo.

A vitória por 2 a 0 representa o terceiro jogo sem derrota do Alvinegro, que agora respira um pouco mais aliviado com a distância para o Z-4 ampliada para seis pontos. O próximo duelo da equipe carioca é contra o Goiás, fora de casa, apenas no dia 28. Na mesma data, o Coritiba recebe o Ceará no Couto Pereira.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.