Caminhão ficou pendurado

Após abertura de cratera, trecho da MA-012 tem tráfego parcialmente liberado

De acordo com a Sinfra, o trecho em que o asfalto cedeu, formando uma cratera, foi afetado pelo rompimento de um bueiro, devido ao forte volume de chuvas no local.
Imirante.com18/02/2021 às 18h37
Após abertura de cratera, trecho da MA-012 tem tráfego parcialmente liberadoImagens divulgadas nas redes sociais mostram que um caminhão ficou pendurado na grande cratera que se formou e cortou a rodovia estadual. (Foto: divulgação)

ESPERANTINÓPOLIS - A Secretaria de Estado da Infraestrutura (Sinfra) informou, na tarde desta quinta-feira (18), que o tráfego no trecho da MA-012, onde uma cratera dividiu a pista e deixou um caminhão pendurado, já se encontra com o tráfego parcialmente restabelecido.

Saiba mais sobre o caso: Trecho da MA-012 se rompe entre as cidades de Esperantinópolis e São Roberto

O acidente aconteceu na madrugada desta quinta, entre as cidades de Esperantinópolis e São Roberto, no interior do Maranhão. Imagens divulgadas nas redes sociais mostram que um caminhão ficou pendurado na grande cratera que se formou e cortou a rodovia estadual.

“As equipes técnicas estiveram no local trabalhando e tomando todas as providências necessárias no trecho, que já se encontra com tráfego parcialmente restabelecido no local. As equipes continuam trabalhando para que, até amanhã, os serviços sejam finalizados”, afirmou a Sinfra, por meio de nota.

Ainda de acordo com a Secretaria, o trecho em que o asfalto cedeu, formando uma cratera, foi afetado pelo rompimento de um bueiro, devido ao forte volume de chuvas no local.

“A Sinfra reforça que mantém equipes monitorando e atuando em caráter emergencial nas rodovias estaduais, principalmente durante o período chuvoso”, declarou.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.