Meio Ambiente

Reserva monitora tartarugas na cidade de Cururupu

Atividade tem apoio do Projeto Tamar e deve ocorrer entre os meses de maio e agosto.
Imirante.com, com informações do Portal Brasil18/04/2017 às 21h35

CURURUPU - A Reserva Extrativista (Resex) de Cururupu deve iniciar, em maio, o monitoramento de tartarugas marinhas na região da unidade de conservação, no litoral maranhense. O trabalho vai se estender até agosto, final do período reprodutivo.

A ação contará com apoio do Centro Nacional de Pesquisa e Conservação das Tartarugas Marinhas e Biodiversidade Marinha do Leste (Tamar). Tanto a Resex quanto o Tamar são geridos pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).

O Tamar tem informações de que as fêmeas de tartaruga-de-pente, que se reproduzem no litoral do Rio Grande do Norte, marcadas por telemetria satelital, alcançaram a região das Reentrâncias Maranhenses, permanecendo ao largo Resex Cururupu.

No mês passado, o Tamar promoveu a capacitação de uma bióloga para desenvolver trabalhos de monitoramento das espécies de tartarugas que estão ocorrendo na região da reserva de forma qualificada.

O treinamento foi ministrado pelo oceanógrafo e analista ambiental do Tamar-Parnamirim, Claudio Bellini, em parceria com especialistas do Centro de lançamento da Barreira do Inferno (CLBI) e equipe da Fundação Pró-Tamar, parceira do Projeto Tamar, todos envolvidos na execução do Plano de Ação Nacional para Conservação (PAN) das Tartarugas Marinhas.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.