Segurança Pública

Justiça determina o aumento do contingente policial em Cururupu

Efetivo policial da comarca é de, apenas, nove policiais.
Imirante.com, com informações do MP-MA03/11/2014 às 10h29

CURURUPU - A Justiça concedeu liminar, em atendimento a pedido do Ministério Público do Maranhão (MP-MA), que obriga o Estado do Maranhão, por meio do Comando Geral da Polícia Militar, a aumentar o contingente policial no município de Cururupu, a fim de que sejam feitas as abordagens diárias a condutores em motocicletas sem placas de identificação.

A Ação Civil Pública, de autoria do promotor de Justiça Francisco de Assis Silva Filho, foi ajuizada após o descumprimento pela PM de recomendação que tratava da fiscalização do trânsito no município e o desrespeito nas abordagens dos condutores dos veículos.

O representante do Ministério Público, no texto da ação, relatou que o efetivo policial da comarca é de, apenas, nove policiais, que se revezam em turnos sempre em três guarnições. Como dispõem de apenas um carro, quando vão atender a uma ocorrência, todo o restante do município fica desprotegido.

Na decisão, o juiz Celso Serafim Júnior, titular da Comarca de Cururupu, determinou que a Polícia Militar realize, pelo menos duas vezes por mês, blitzen por meio de policiamento especializado, durante um turno da jornada de trabalho.

Em caso de descumprimento das medidas, o comandante-geral da Polícia Militar poderá arcar com multa no valor de R$ 1 mil por dia de atraso. Ao Estado do Maranhão, ficou estabelecida a multa de R$ 20 mil, a partir da intimação da decisão.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.