CHAPADINHA

Uso de som automotivo começa a ser disciplinado

Com a intensificação do controle, os infratores serão punidos legalmente
12/11/2009 às 16h17

A 2ª Promotoria de Justiça de Chapadinha realizou na última quarta-feira, 11, uma reunião com usuários de som automotivo da cidade. O objetivo foi orientar sobre os níveis de som permitidos, informar sobre o que diz a lei sobre o assunto e as punições previstas para quem comete excessos.

Além do promotor de Justiça Fábio Menezes de Miranda, participaram da reunião o comandante da 4ª CI de Chapadinha, Major Edvaldo Mesquita (representando a Polícia Militar) e o Delegado Regional Alessandro Gomes (Polícia Civil).

Os donos de veículos foram convidados por serem usuários conhecidos desse tipo de equipamentos no município. De acordo com o promotor Fábio Miranda, essa reunião antecede à chegada de decibilímetros (aparelhos que medem a intensidade do som) que serão usados pelas polícias Civil e Militar, Guarda Civil e pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente na fiscalização dos níveis de ruído.

Com a intensificação do controle, os infratores serão punidos legalmente, podendo chegar à apreensão do veículo e à prisão do proprietário. O objetivo das ações é manter a ordem na cidade e garantir o bem estar da população.

As informações são Ministério Público

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.