Interior do Maranhão

Motim na Delegacia de Carutapera chega ao fim

Rebelião teve início na madrugada, com presos quebrando as grades das celas.
Imirante.com15/03/2016 às 15h00

CARUTAPERA – Termina o motim na delegacia de Carutapera, interior do Maranhão, onde presos quebraram as grades das celas. A informação foi dada pela Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP).

A rebelião teve início na madrugada desta terça-feira (15) e se estendeu até parte da manhã. Segundo o delegado Dicival Gonçalves, superintendente de Polícia Civil do Interior (SPCI), o motim teve início após os presos ficarem revoltados com uma fiscalização feita nas celas, nessa segunda-feira (14).

“Foi feita uma varredura nas carceragens onde foram apreendidos celulares, drogas, armas brancas. E aí, no dia de hoje, os presos se sentiram incomodados por causa da apreensão. Insatisfeito, eles fizeram uma rebelião na delegacia de polícia”, explicou Dicival Gonçalves.

O superintendente da SPCI afirma que foi necessário enviar ao local um grupo tático aéreo para conter a crise. Apesar da confusão, ninguém ficou ferido. A unidade prisional abriga, atualmente, 54 presos, entre provisórios e condenados. O delegado Dicival Gonçalves afirmou que, como os detentos quebraram as grandes das celas, eles serão transferidos para o presídio de Pedrinhas, em São Luís. De imediato, foram disponibilizadas 10 vagas para os líderes da rebelião.

Ouça a entrevista que o delegado Dicival Gonçalves deu na rádio Mirante AM, falando sobre o caso.

Já em nota, a SSP afirmou que os presos foram contidos e cinco suspeitos de comandarem a ação já foram identificados.

Veja a nota na íntegra:

A Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP) informa que a polícia conseguiu interromper a tentativa de fuga na delegacia do município de Carutapera. Os presos que estavam custodiados danificaram celas e materiais na delegacia, mas foram contidos após a chegada do reforço policial na cidade. Cinco suspeitos de comandarem a ação já foram identificados e devem responder a um inquérito policial.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.