Sentença

Réu é condenado a 27 anos de reclusão pelo Tribunal do Júri

Segundo o MP, o caso aconteceu na madrugada do dia 11 de julho de 2015, quando João Carvalho Campos desferiu vários golpes de faca contra Jeová Mendes da Silva.
Imirante.com, com informações do MP-MA19/10/2018 às 13h29
Réu é condenado a 27 anos de reclusão pelo Tribunal do Júri

CAROLINA - Em sessão de julgamento do Tribunal do Júri Popular da Comarca de Carolina, nessa terça-feira (16), o réu João Carvalho Campos foi condenado a 27 anos de reclusão em regime inicial fechado pelo crime de homicídio qualificado, praticado contra Jeová Mendes da Silva. O caso aconteceu na madrugada do dia 11 de julho de 2015, quando o acusado desferiu vários golpes de faca contra a vítima.

Leia também:

Homem é perseguido e executado com seis tiros em Bacabal

Homem é preso por embriagar e estuprar criança em açude em Senador La Rocque

O condenado, conhecido como João Gêmeo, foi incurso nas sanções do Artigo 121, incisos II, IV e V, do Código Penal Brasileiro, uma vez que o crime foi praticado por motivo fútil, mediante recurso que impossibilitou a defesa da vítima e para assegurar a ocultação de outro crime.

Durante o julgamento atuou na acusação o promotor de justiça Marco Túlio Rodrigues Lopes, titular da comarca. A sessão foi presidida pelo juiz Mazurkiévicz Saraiva de Sousa Cruz, e a defesa foi representada pelo defensor dativo Emerson Carvalho Cardoso.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.