Pelo júri popular

Acusados de tentativa de homicídio são absolvidos

Eles estavam sendo acusados do crime de tentativa de homicídio praticado contra Cássio de Sousa Espíndola.
Divulgação/CGJ-MA04/07/2018 às 14h52
Acusados de tentativa de homicídio são absolvidos A sessão do júri teve a presidência do juiz Mazurckiévicz Saraiva de Sousa, titular da Comarca de Carolina. (Foto: Divulgação)

CAROLINA - O Poder Judiciário em Carolina realizou na última semana uma sessão do Tribunal do Júri, que teve como réus Maurício Roterdan Lima Pereira e Erivelton Pereira da Cruz. Eles estavam sendo acusados do crime de tentativa de homicídio praticado contra Cássio de Sousa Espíndola, em crime ocorrido na data de 26 de agosto de 2015. O Conselho de Sentença decidiu pela absolvição dos dois réus. A sessão do júri teve a presidência do juiz Mazurckiévicz Saraiva de Sousa, titular da Comarca de Carolina.

O inquérito policial relata que, na data acima mencionada, em um assentamento próximo da cidade, os denunciados passaram em sentido contrário por Cássio de Sousa. Nesse instante, eles teriam retornado e seguido a vítima. Ato contínuo, Maurício e Erivelton teriam se aproximado e disparado seis tiros em Cássio, que ficou caído no local e foi socorrido por terceiros. Após o intento, os dois homens teriam fugido em uma motocicleta.

Segue o inquérito narrando que Cássio de Sousa Espíndola foi levado em estado grave para a cidade de Araguaína, no Estado do Tocantins. O motivo para a realização do crime seria uma suposta desavença ocorrida tempos antes entre vítima e acusados. O conselho de sentença acolheu a tese de negativa de autoria.


Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.