Greve

Sem acordo, Correios afirma que segue no aguardo de dissídio

Julgamento que pode acabar com greve da estatal foi marcado para o dia 21 de setembro.
Imirante.com, com informa13/09/2020 às 11h19
Sem acordo, Correios afirma que segue no aguardo de dissídioAs postagens com hora marcada permanecem temporariamente suspensas. (Arquivo / Agência Brasil)

BRASIL - Na sexta-feira (11), os Correios e as representações sindicais participaram de audiência de conciliação no Tribunal Superior do Trabalho (TST), em Brasília (DF). Como não houve consenso, a ministra Kátia Magalhães Arruda, designada relatora do dissídio coletivo, marcou para o dia 21 de setembro o julgamento da ação.

A estatal afirma que segue trabalhando para reduzir os efeitos da paralisação parcial dos empregados. "Durante o último fim de semana e feriado de Dia da Independência, os empregados das áreas administrativa e operacional estiveram mais uma vez unidos em prol da manutenção dos serviços da estatal", disse em comunicado.

A rede de atendimento segue aberta e os serviços, inclusive o SEDEX e o PAC, continuam disponíveis. As postagens com hora marcada permanecem temporariamente suspensas – medida em vigor desde o anúncio da pandemia.

Como receber sua encomenda nas unidades dos Correios

O padrão dos Correios é entregar no endereço indicado pelo remetente. Porém, quando o objeto for endereçado a localidade onde não há distribuição domiciliar ou quando as tentativas de entrega não forem bem sucedidas, a encomenda ficará disponível para retirada na unidade mais próxima do endereço indicado.

Para acompanhar a movimentação de um objeto, basta informar seu código de rastreamento em nosso site. Se nossos sistemas já mostrarem o nome e endereço da unidade para retirada, o objeto já estará disponível para coleta pelo cliente.

Caso o próprio cliente não possa retirar sua encomenda, outra pessoa poderá ser autorizada a fazê-lo, a partir da apresentação do documento de autorização.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.