No Espirito Santo

Menina de 11 anos fica grávida após ser estuprada

Segundo informações da polícia, um suspeito já foi preso e outro está sendo procurado.
Imirante.com, com informações do G1 28/08/2020 às 18h33

ESPIRITO SANTO - Uma menina de 11 anos está grávida após ser estuprada. O caso aconteceu em um município no Espirito Santo. A cidade onde a vítima mora não será revelada na reportagem, para preservar a identidade e a segurança da criança.

Leia também:

Menina de 10 anos que foi estuprada pelo tio e engravidou tem gestação interrompida

Justiça aceita denúncia contra tio acusado de estuprar menina de 10 anos

Segundo informações da polícia, um suspeito já foi preso e outro está sendo procurado. O suspeito preso é o padrasto da criança. O outro seria o companheiro da avó dela.

A gestação de oito semanas foi descoberta após a criança ter sido atendida em uma unidade de saúde.

Segundo um promotor da Justiça da região, a vítima está sendo acompanhada por uma psicóloga do município e sendo preparada para o procedimento de aborto.

Segundo a Polícia Civil, o caso segue sob investigação e outras informações não serão divulgadas durante as investigações. A apuração segue sob sigilo, amparado no Art. 17 do Estatuto da Criança e do Adolescente. Todas as medidas legais foram adotadas e estão tramitando dentro prazo legal.

Outro caso no Espirito Santo

No último dia 7 de agosto foi constatado que a menina estava grávida, após ela ter ido ao hospital, na cidade de São Mateus, se queixando de dores abdominais.

A menina relatou que começou a ser estuprada pelo próprio tio desde que tinha seis anos de idade e que não o denunciou pois sofria ameaças do agressor. O suspeito tem 33 anos e foi indiciado por estupro de vulnerável e ameaça, porém, está foragido.

A Promotoria da Infância e da Juventude de São Mateus decidiu investigar se grupos tentaram pressionar a avó da menina para que o aborto não fosse autorizado. O MP também vai analisar áudios de conversas de pessoas que pressionariam a família da criança a não interromper a gravidez.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.