Preparação

Saúde prepara estratégia de vacinação contra Covid-19 no Brasil

"Em breve teremos uma grande ação de vacinação. O Programa Nacional de Imunização está preparado", disse secretário.
Imirante.com30/07/2020 às 08h14
Saúde prepara estratégia de vacinação contra Covid-19 no BrasilA partir desta quinta (30), mais quatro centros de pesquisa vão dar início aos testes com vacina. (Foto: Reprodução)

BRASÍLIA - Durante coletiva de imprensa desta quarta-feira (29), em Brasília (DF), o secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Arnaldo Medeiros, destacou que o Brasil está preparando estratégia de vacinação, para quando as prováveis vacinas contra a Covid-19 já estiverem disponíveis.

“Em breve teremos uma grande ação de vacinação. O Programa Nacional de Imunização está preparado. Estamos atentos às vacinas que estão em desenvolvimento no mundo. O Brasil é o país que está coordenando a 3ª fase para a produção da vacina de Oxford”, concluiu o secretário.

Pesquisadores da Fiocruz apostam em vacinação inicial contra a Covid-19 em fevereiro de 2021 para um público específico. A partir daí, a produção nacional das doses poderá garantir imunização à população em geral, afirma a vice-diretora de Qualidade da Bio-Manguinhos (Fiocruz), Rosane Cuber Guimarães.

Os recentes resultados de pesquisas da Universidade de Oxford, no Reino Unido, sobre a segurança da vacina contra a Covid-19 elevaram o nível de otimismo em todo o mundo que, desde dezembro do ano passado, observa o alastramento do novo coronavírus, causador da doença, em todas as regiões. As pesquisas das fases 1 e 2, exigidas pelo procedimento científico, descartaram efeitos adversos graves provocados pela vacina. Foram registrados relatos de pequenos sintomas, como dores locais ou irritabilidade, aceitos em vacinas contra outras doenças. O Brasil foi um dos países escolhidos para participar da Fase 3 dos estudos, que testa a eficácia da vacina.

A partir desta quinta-feira (30), mais quatro centros de pesquisa vão dar início aos testes com a vacina chinesa da Sinovac, que é desenvolvida em parceria com o Instituto Butantan. A terceira fase de testes em humanos da CoronaVac, como foi chamada esta vacina contra o novo coronavírus, teve início na terça-feira passada (21) no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de São Paulo.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.