Justiça

Juiz inocenta acusados de torturarem jovem após furto em supermercado

O adolescente foi agredido após ser flagrado furtando chocolate.
Imirante.com, com informações do G112/12/2019 às 10h23
Juiz inocenta acusados de torturarem jovem após furto em supermercadoAdolescente foi torturado em um quartinho do supermercado. (Foto: Reprodução/TV Globo)

SÃO PAULO - Os seguranças, David de Oliveira Fernandes e Valdir Bispo, acusados de torturar um adolescente, de 17 anos, em um supermercado de São Paulo, foram inocentados pela Justiça.

Relembre:

Jovem é torturado por seguranças após furtar chocolate em supermercado

Ambos tiveram a prisão preventiva decretada no dia 16 de setembro deste ano. O Ministério Público, também, denunciou a dupla por tortura, cárcere privado e divulgação de cenas de nudez.

Contudo, na tarde dessa quarta-feira (11), foram inocentados. A decisão é do juiz da 25ª Vara Criminal de São Paulo, Carlos Alberto Corrêa de Almeida de Oliveira. Cabe recurso da decisão.

Entenda

O adolescente foi agredido em São Paulo, no mês de setembro, após ser flagrado por seguranças de um supermercado furtando chocolate. Em entrevista à TV Globo, o rapaz disse que foi torturado em um quartinho do supermercado, onde foi chicoteado, por cerca de 40 minutos e, ainda, ameaçado de morte.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.