Em São Paulo

No Dia da Consciência Negra, professor é chamado de "macaco" e agredido fisicamente

Caso aconteceu em um supermercado no município de Bauru, interior de São Paulo; vítima, além de ter sido ofendida, foi atacado com canivete.
Imirante.com, com informações do G120/11/2019 às 20h10
Professor negro da Unesp, Juarez Xavier foi ofendido e atacado a golpes de canivete em um supermercado de Bauru.

SÃO PAULO - Um professor da Universidade Estadual Paulista (Unesp), campus Bauru, foi atacado a golpes de canivete na tarde desta quarta-feira (20), durante uma confusão em um supermercado da cidade. Juarez Xavier contou, em seu perfil nas redes sociais, ter sido chamado de "macaco" pelo agressor e que estava revoltado por ter sido tratado de tal forma no Dia da Consciência Negra.

De acordo com a Polícia Militar de São Paulo, a confusão se deu na escada rolante do supermercado em que o professor estava. Ainda segundo a polícia, o agressor estaria "aparentemente embrigado" e teria feito ofensas de cunho raciais a Juarez Xavier, que é negro, e os dois travaram luta corporal. Foi então que agressor sacou um canivete que estava portando e desferiu golpes contra a vítima, que sofreu ferimentos superficiais no ombro e perna.

O suspeito das agressões foi contido, inicialmente, pelos clientes do supermercado em que se deu o desentendimento, e, em seguida, foi preso por policiais militares que estavam na região. A ocorrência foi registrada no plantão da Polícia Civil da cidade.

A vítima, o professor da Unesp Juarez Xavier, foi encaminhado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Bela Vista. O corte que ele sofreu no ombro precisou levar pontos. Após a conclusão do atendimento médico, familiares informaram que o professor seguiria para a delegacia para fazer a denúncia das agressões.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.