NO RIO DE JANEIRO

Seis corpos são encontrados em cemitério clandestino

Local usado por milicianos, em Belford Roxo, na Grande Rio, foi encontrado depois de denúncia anônima
IMIRANTE.COM, COM INFORMAÇÕES DA AGÊNCIA BRASIL14/08/2019 às 19h20
Seis corpos são encontrados em cemitério clandestinoO cemitério clandestino foi localizado com auxílio de cães farejadores do Corpo de Bombeiros (REPRODUÇÃO)

RIO DE JANEIRO - A Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF), em parceria com o Ministério Público Estadual e com o Corpo de Bombeiros, localizou, nesta quarta-feira (14), seis corpos e ao menos duas ossadas em cemitério clandestino na cidade de Belford Roxo, na região metropolitana do Rio de Janeiro. No primeiro momento foi identificado que as vítimas sofreram violência, pois alguns corpos apresentam marcas de tiros.

O cemitério clandestino, encontrado em um terreno baldio, foi localizado com auxílio de cães farejadores do Corpo de Bombeiros depois de denúncia anônima. Os corpos serão levados ao Instituto Médico Legal para identificação e perícia técnica. Em seguida, a Polícia Civil e o Ministério Público vão investigar os crimes.

De acordo com a polícia, o principal autor das mortes é Júnior Galdino, conhecido como Pará do Moto Táxi, preso na semana passada e apontado como líder da organização criminosa. Ele vinha sendo investigado por pelo menos 10 homicídios ocorridos nos últimos meses. Pará foi capturado em uma loja de telefonia no bairro Nova Aurora no dia 7 de agosto, quando tentava desbloquear um aparelho celular.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.