Reciclagem

Correios recicla mais de 140 toneladas de resíduos no Maranhão

Somente no Maranhão, foram reciclados nos últimos quatro anos 134,7 toneladas de papel e papelão.
Imirante.com, com informações da Assessoria16/05/2019 às 17h39
Correios recicla mais de 140 toneladas de resíduos no MaranhãoOs Correios assumiram o compromisso de realizar a coleta seletiva (Foto: Divulgação)

MARANHÃO - 17 de maio é o Dia Mundial da Reciclagem, data escolhida pela UNESCO para estimular a reflexão e o debate sobre a produção de resíduos e possíveis soluções. Como grandes geradoras de resíduos sólidos, as grandes empresas possuem uma responsabilidade ainda maior nessa área.

Foi com esse pensamento que, em 2002, os Correios assumiram o compromisso de realizar a coleta seletiva. Inicialmente, apenas na sede em Brasília e, posteriormente, em todas as suas unidades pelo Brasil. Com a edição do Decreto nº 5.940/2006, do Governo Federal, essa responsabilidade foi institucionalizada para todos os órgãos da administração pública federal direta e indireta, na qual Correios estão inseridos.

Somente no Maranhão, foram reciclados nos últimos quatro anos 134,7 toneladas de papel e papelão, 4,4 toneladas de plástico, 6,6 mil litros de óleo lubrificante, 5,3 mil paletes de madeira, 2,3 mil lâmpadas fluorescentes, 966 pneus, além de baterias de carro, pilhas, ferro e toners e cartuchos de impressora. Todos esses resíduos originários das atividades administrativas e operacionais dos Correios.

O superintendente estadual dos Correios explica que esses itens eram todos descartados e iam parar nos lixões e aterros das cidades. “Desde que implantamos a Coleta Seletiva Solidária, fazemos parcerias com cooperativas e associações que tratam esses resíduos como matéria-prima para novos produtos, gerando renda para os cooperados e associados”, explica o superintendente estadual da empresa, Ricardo Melo Sousa Barroso. “Além disso, reduzimos ao mínimo o consumo de papel, plásticos em geral, especialmente copos descartáveis e tudo o que é utilizado apenas uma vez”, completa.

Para reunir os resíduos gerados pelas mais de 200 unidades no Maranhão, os Correios utilizam sua própria logística. Os materiais são armazenados até atingir uma quantidade razoável e são encaminhados às entidades credenciadas.

Materiais reciclados pelos Correios no Maranhão (2015-2018)

Papel/Papelão: 134.782kg

Plástico: 4.467kg

Ferro: 400kg

Pneu: 966 unidades

Toner/cartucho: 500 unidades

Palete de madeira: 5.372 unidades

Óleo lubrificante: 6.662 litros

Lâmpada fluorescente: 2.305 unidades

Baterias de carro: 218 unidades

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.