Crime de ódio

Travesti é baleada no rosto e faz cirurgia para retirada de olho esquerdo

De acordo com informações da polícia do Piauí, a motivação do crime contra Mikaela, de 25 anos, pode ter sido de teor odioso.
Imirante.com / com informações do G1 (PI)07/02/2019 às 10h57
Travesti é baleada no rosto e faz cirurgia para retirada de olho esquerdoMikaela após o procedimento cirúrgico para retirada de olho esquerdo. (Foto: divulgação)

TERESINA – Uma travesti, identificada como Mikaela, de 25 anos, passou por uma cirurgia para retirada do olho esquerdo. O procedimento foi feito após a vítima ter sido encontrada caída e com um tiro no rosto, próximo ao quartel do Corpo de Bombeiros, em Teresina (PI).

De acordo com informações da polícia do Piauí, a motivação do crime pode ter sido de teor odioso.

De acordo com Camila Monteiro, irmã de Mikaela, a vítima passou por cirurgia e perdeu o olho, que ficou deteriorado com o tiro. “A Mikaela passa bem, está consciente, conversando com a gente, mas não contou nada do crime, como aconteceu ou quem foi o autor do disparo", disse a irmã em entrevista ao G1 Piauí.

Ainda segundo informações da irmã da travesti, Mikaela já não morava com a família e passava tempos sem dar notícias, chegando até a morar na rua. Camila conta que ficou sabendo que Mikaela tinha sido baleada por uma amiga da travesti.

Conforme a família de Mikaela, a travesti é usuária de drogas e tem problema com álcool.

Caso sob investigação

As investigações apontam que o autor do disparo que atingiu Mikaela foi um adolescente de 12 anos de idade.

De acordo com o coordenador do Grupo de Apoio Operacional (Gao), Joattan Gonçalves, o disparo teria acontecido durante uma brincadeira em um bairro de Teresina. Mais duas pessoas estariam envolvidas no crime.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.