Política

Assessor de Bolsonaro pede desculpas por ter ofendido jornalistas

“Vocês são o maior engodo do jornalismo do Brasil. Lixo", havia declarado Carlos Eduardo Guimarães.
Carolina Gonçalves/Agência Brasil29/10/2018 às 17h39
Assessor de Bolsonaro pede desculpas por ter ofendido jornalistasCarlos Eduardo Guimarães e o presidente eleito Jair Bolsonaro. (Foto: Divulgação)

BRASIL - O assessor de imprensa Carlos Eduardo Guimarães, que trabalha para o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL), pediu desculpas hoje (29) em um grupo de jornalistas. A reação ocorreu um dia depois de Guimarães ofender repórteres e produtores de televisão e rádio incluídos no grupo, afirmando que os jornalistas são “o maior engodo do jornalismo do Brasil”.

Saiba mais sobre as Eleições 2018.

Em nota, Guimarães reconheceu que agiu “de forma rude e equivocada”. A mensagem enviada ontem (28) por ele, no grupo de WhatsApp de jornalistas, após a confirmação da vitória de Bolsonaro foi bem objetiva. “Não estava quase empatado? Vocês são o maior engodo do jornalismo do Brasil. Lixo.”

Guimarães justificou que estava “insatisfeito” com a cobertura jornalística sobre Bolsonaro. Segundo ele, não quis generalizar, atacar ou desmerecer qualquer dos jornalistas e acrescentou que esta não é a orientação do presidente eleito.

“Visivelmente empolgado com o resultado da apuração eleitoral usei palavras absolutamente inadequadas, extrapolando na minha manifestação”, diz a nota de Guimarães.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.