Elei

PPS decide ficar neutro no segundo turno das eleições

Para o partido, as candidaturas de Bolsonaro e de Haddad “trazem a marca de uma conflagração que alimenta radicalismos políticos sob a insígnia do ‘nós contra eles’, que ameaçam o próprio processo democrático”.
Imirante.com, com informações da Agência Brasil10/10/2018 às 15h10
PPS decide ficar neutro no segundo turno das eleiçõesNo texto, o PPS diz ainda que é uma instituição partidária democrática e decente. (Foto: Divulgação)

BRASÍLIA - A Comissão Executiva Nacional do PPS decidiu, nesta quarta-feira (10), em Brasília, manter a neutralidade no segundo turno da eleição presidencial.

Leia também:

Partidos organizam atos políticos em favor de Haddad e Bolsonaro no MA

Bolsonaro pode ser liberado para ações de campanha nos próximos dias

Para o partido, as candidaturas de Jair Bolsonaro (PSL) e de Fernando Haddad (PT) “trazem a marca de uma conflagração que alimenta radicalismos políticos sob a insígnia do ‘nós contra eles’, que ameaçam o próprio processo democrático”, diz o documento aprovado pelos dirigentes do PPS.

Em nota, o partido lembra que, durante o processo eleitoral, defendeu uma candidatura apoiada por uma ampla coligação de centro e capaz de superar a polarização entre a direita, representada por Bolsonaro, e a esquerda, representada por Haddad, e declara-se neutro na segunda rodada de votação.

No texto, o PPS diz ainda que é uma instituição partidária democrática e decente, reitera seus compromissos com as reformas e a defesa da democracia, e que não apoiará nenhum dos dois candidatos que disputarão o segundo turno.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.