No Rio de Janeiro

Pai é morto ao defender o filho em tentativa de roubo de celular

Francisco Vilamar foi baleado no rosto e foi socorrido por PMs do 4º BPM, mas não resistiu.
Imirante.com, com informações da Agência Brasil27/09/2018 às 13h14
Pai é morto ao defender o filho em tentativa de roubo de celularFrancisco Vilamar estava com a esposa e o filho de 10 anos e foi assassinado numa tentativa de assalto. (Foto: Reprodução)

RIO DE JANEIRO - A Polícia Civil está em busca de imagens de câmeras de segurança que ajudem a identificar o criminoso que deu um tiro no rosto do chefe de cozinha Francisco Vilamar, de 49 anos, na noite dessa quarta-feira (26), no Rio, quando tentava defender o filho.

Leia também:

Dois acusados de homicídio são condenados em Penalva

Policial é baleado por assaltantes no município de Santa Inês

Ele estava com a esposa e o filho de 10 anos e foi assassinado numa tentativa de assalto em frente a um bar na Praça Condessa. O criminoso queria levar o celular que o filho de Francisco, de 10 anos, usava para brincar. O chefe de cozinha recebeu o disparo quando interveio para defender a criança.

Francisco foi baleado no rosto e foi socorrido por PMs do 4º BPM (São Cristóvão). Chegou a ser encaminhado para o Hospital Souza Aguiar, no Centro, mas não resistiu ao ferimento e morreu. O caso foi registrado na Divisão de Homicídios. Testemunhas estão sendo ouvidas hoje.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2018 - Todos os direitos reservados.