Educação

MEC oferta bolsas para alunos indígenas e quilombolas

Para participar, o aluno precisa preencher o cadastro no sistema de gestão do programa na internet.
Imirante.com, com informações IFMA23/06/2018 às 19h08

Estudantes indígenas ou quilombolas regularmente matriculados em cursos de graduação do Instituto Federal do Maranhão (IFMA) podem se inscrever no Programa de Bolsa Permanência do Ministério da Educação (MEC) até o dia 31 de agosto. O objetivo do programa é minimizar desigualdades sociais e étnico-raciais, além de contribuir para permanência e diplomação. O valor da bolsa é de R$ 900 mensais. Estão previstas 2.500 vagas em todo o Brasil.

Para participar, o aluno precisa preencher o cadastro no sistema de gestão do programa na internet. Em seguida, o candidato deve assinar e anexar um termo de compromisso e declaração de anuência da comunidade. Esse cadastro será encaminhado para homologação pela Pró-Reitoria de Ensino (PROEN) do IFMA – as inscrições só serão homologadas após o preenchimento da caracterização socioeconômica no SUAP e a entrega dos documentos comprobatórios no setor de assuntos estudantis do campus. A previsão de homologação é de 60 dias após o prazo final de análise.

Para mais informações, acesse a Portaria MEC nº 560/2018, o site do Programa de Bolsa Permanência ou entre em contato com a Diretoria de Assuntos Estudantis (DAE): dae.reitoria@ifma.edu.br – Fone: 3215-1813 / 3215-1701.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.