Balanço

Operação Finados registra mais de mil feridos em acidentes nas rodovias federais

A PRF registrou mais de 39 mil autos de infração pelas mais diversas irregularidades.
Julia Buonafina / Agência Brasil06/11/2017 às 23h05
Operação Finados registra mais de mil feridos em acidentes nas rodovias federaisMarcello Casal Jr / Agência Brasil

BRASÍLIA - A Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou mais de mil feridos em acidentes durante a Operação Finados 2017, que teve início na última quarta-feira (1º) e prosseguiu até as 23h59 de domingo (5), em todo o Brasil. Os 224 acidentes deixaram 1.015 pessoas feridas e causou 73 mortes.

Leia mais

Operação Finados 2017 da PRF-MA fecha com 21 acidentes

A PRF registrou mais de 39 mil autos de infração pelas mais diversas irregularidades. As equipes de fiscalização localizadas em pontos estratégicos das rodovias federais flagraram mais de 4 mil motoristas que realizaram as ultrapassagens irregulares, uma das infrações que mais contribuem para mortes em acidentes de trânsito.

A PRF contou com mais de 2 mil viaturas, 700 motocicletas, 1.691 aparelhos de etilômetro (conhecido como bafômetro) e 210 radares portáteis. Ao todo, foram fiscalizados mais de 56 mil pessoas e mais de 59 mil veículos, sendo que mais de 2 mil motoristas foram flagrados sem cinto de segurança e outros 706 motoristas foram flagrados dirigindo após ingerir bebida alcoólica. Nesse período de operação, foram realizados 31.241 testes do bafômetro.

Além da fiscalização para reduzir a violência no trânsito, a Polícia Rodoviária Federal também atuou no combate ao crime nas rodovias federais, contabilizando 547 pessoas detidas em todo o Brasil. Foram apreendidos mais de 773 mil quilos de maconha, 13,7 quilos de cocaína, 19 mil pacotes de cigarros, 83 armas de fogo, e recuperados 109 veículos roubados.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.