Crescimento

Confiança da indústria atinge o maior nível desde 2014

Em setembro, indicador alcançou 88,2 pontos e atingiu 12 dos segmentos observados pela FGV.
Portal Brasil28/09/2016 às 20h55

BRASIL - A Confiança da Indústria voltou a crescer em setembro ao alcançar 88,2 pontos – esse é o maior nível desde julho de 2014, quando esse indicador havia registrado 88,8 pontos. Os dados são da Fundação Getulio Vargas (FGV), e foram divulgados nesta quarta-feira (28).

Segundo a instituição, comparado com agosto, o indicador de confiança aumentou em 2,1 pontos. Semelhante a um termômetro, quanto mais ele avança, maior é o otimismo entre os empresários.

A melhora da confiança, no mês, atingiu 12 dos 19 segmentos observados pela FGV. Esse movimento foi determinado tanto pelo avanço das expectativas quanto pelo aumento das avaliações sobre a situação atual.

Entre março e setembro, a confiança da indústria ganhou 13,5 pontos. Em setembro, o Índice de Expectativas (IE) avançou 2,5 pontos, para 89,8 pontos, o maior desde junho de 2014 (90,3 pontos). Já o Índice da Situação Atual (ISA) aumentou 1,5 ponto, para 86,7 pontos, o maior desde janeiro de 2015 (88,4 pontos).

Otimismo com os negócios

O indicador que mede o grau de otimismo com a tendência dos negócios para os próximos seis meses exerceu a maior contribuição para a alta do Índice de Expectativas, com alta de 5,3 pontos, o que levou o indicador para 88,9, o maior nível desde dezembro de 2014 (91,0 pontos).

O Nível de Utilização da Capacidade Instalada, que é quanto as empresas estão usando do potencial produtivo, aumentou 0,9 ponto percentual frente a agosto e atingiu os 74,7% -- maior patamar desde dezembro de 2015.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.