Queda de avião

Dilma lamenta morte do ex-presidente da Vale e de familiares

"Perdemos um brasileiro de extraordinária visão empreendedora", afirmou a presidenta.
Mariana Jungmann / Agência Brasil20/03/2016 às 16h11

BRASIL - A presidenta Dilma Rousseff divulgou hoje (20) nota de pesar pelo falecimento do empresário Roger Agnelli, ex-presidente da Mineradora Vale. “Foi com grande pesar que recebi a notícia do falecimento do empresário Roger Agnelli, sua mulher, filhos, genro e nora, em acidente aéreo”, diz a nota.

A presidenta lembra que o empresário “dedicou sua carreira a grandes empresas brasileiras” e sempre esteve “comprometido com o desenvolvimento do país”.

“Perdemos um brasileiro de extraordinária visão empreendedora. Neste momento, manifestamos nossa solidariedade a seus parentes e amigos”, conclui a nota da presidenta.

O avião monomotor de Roger Agnelli caiu ontem em uma área residencial de São Paulo. Além do executivo, morreram sua mulher, Andrea, e os filhos Anna Carolina e João. E ainda o genro de Agnelli, Parris Bittencourt, a nora Gabriela, e o piloto do avião, Paulo Roberto Simões.

Rogera Agnelli foi presidente da Mineradora Vale por dez anos, entre 2001 e 2010, período de grande crescimento da companhia. Ele também atuou na diretoria do Bradesco e vinha atuando na sua própria empresa desde que deixou a Vale.

O ministro da Fazenda, Nelson Barbosa, também lamentou a morte de Agnelli e destacou o trabalho dele em consolidar a Vale como multinacional. “O talento de Agnelli foi fundamental para a ascensão da Vale ao posto de uma das maiores mineradoras do mundo. Expresso minha solidariedade aos amigos e familiares neste momento de dor”, declarou Barbosa.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.