Resgate

Últimos pescadores resgatados de naufrágio recebem alta no Ceará

O grupo foi resgatado na noite do dia 24 na Praia do Mucuripe, em Fortaleza, e trazido por uma embarcação cearense.
Karine Melo / Agência Brasil 26/12/2015 às 19h05

BRASÍLIA - Os dois últimos pescadores que ainda estavam internados na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Praia do Futuro, em Fortaleza, depois de resgatados de um naufrágio entre o litoral de Recife e o Arquipélago de Fernando de Noronha, em Pernambuco, já receberam alta.

Francisco Monteiro de Oliveira, de 64 anos, Carlos André dos Santos, de 31 anos, ficaram internados mais tempo do que os outros seis homens que também estavam no barco porque precisavam tratar de uma infecção na pele, devido ao longo período em que ficaram expostos ao sol dentro do mar. Eles devem seguir ainda hoje para Natal onde já estão os demais pescadores.

O grupo foi resgatado na noite do dia 24 na Praia do Mucuripe, em Fortaleza, e trazido por uma embarcação cearense.

Segundo a Capitania dos Portos do Ceará, a embarcação pesqueira apresentou um problema no sábado (19) e afundou perto do arquipélago pernambucano. O grupo ficou seis dias à deriva em um bote salva-vidas até serem avistados. Um inquérito investiga as causas do acidente.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.