Em 2013

Brasil registra menor número de mortes por raios

Foram 79 mortes por raios, confirmando tendência de diminuição de fatalidades.
Imirante.com, com informações do MCTI10/04/2014 às 10h02

SÃO LUÍS – O Grupo de Eletricidade Atmosférica (Elat) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) – ligado ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) – registrou, em 2013, o menor número de mortes por raios no Brasil desde o início do levantamento, em 2000. Foram 79 mortes por raios, o que confirma uma tendência de diminuição das fatalidades no país.

A média anual de mortes causadas por raios também diminuiu: de 2000 a 2009, ocorreram 132 por ano. De 2000 a 2013, foram 119 fatalidades por ano – uma queda de 10% no índice. Não houve, entretanto, diminuição do número de raios que atingiram o Brasil ao longo desses 14 anos, de acordo com dados fornecidos pela agência espacial dos Estados Unidos, a Nasa, o que leva as autoridades a relacionar a diminuição no número de mortes ao aumento do nível de informação dos brasileiros sobre formas de prevenção.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.