Brasil

CNJ e Ministério da Justiça promovem encontro para discutir conciliação e mediação

Agência Brasil29/06/2013 às 22h00

Brasília - Dados do relatório Justiça em Números mostram que cerca de 65% das ações judiciais civis no país discutem valores que não chegam a R$ 1 mil, mas cada processo custa, em média, R$ 1,3 mil aos cofres públicos. De acordo com o relatório, há quase 90 milhões de ações judiciais e, anualmente, cerca de 20 milhões de novos processos são criados.

Esses e outros assuntos serão discutidos hoje (28), durante todo o dia, no Tribunal Superior do Trabalho. O encontro será aberto, às 9h, pelo ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, e o presidente do Supremo Tribunal Federal e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), Joaquim Barbosa. Serão apresentadas ainda novas práticas consensuais diante do divórcio e o treinamento de conciliadores para a Copa do Mundo de 2014 e a Olimpíada de 2016.

Participam cerca de 800 pessoas, entre magistrados, defensores públicos, procuradores, promotores, advogados, psicólogos, conciliadores e estudantes. O encontro é promovido pelo CNJ em parceria com a Secretaria de Reforma do Judiciário, do Ministério da Justiça.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.