Prisão

Cabeleleiro de Pio XII, acusado de abuso sexual, é preso no Pará

Raimundo Pereira da Silva é suspeito de abusar de uma jovem com problemas mentais em Bacabal.
Imirante24/05/2013 às 11h48

PARÁ - A Superintendência de Polícia Civil do Interior (SPCI) apresentou, na tarde de quarta-feira (22), um homem suspeito de abusar de uma jovem com problemas mentais em Bacabal. Na época do crime, a vítima tinha 17 anos.

Raimundo Pereira da Silva, cabeleireiro, 50 anos, natural da cidade de Pio XII, foi detido em cumprimento a mandado de prisão preventiva expedido pelo juiz Carlos Roberto Gomes de Oliveira Paula, titular da 2ª Vara Criminal de Bacabal. A ação policial foi coordenada pela SPCI.

Ele foi detido na última terça-feira (22) por equipes da SPCI, que se deslocaram à cidade de Parauapebas, no Pará. Raimundo Pereira estava no interior do seu salão de beleza, localizado à Rua Majé, Quadra 15, Lote 18 522, no bairro Popular, Parauapebas (PA). Segundo a polícia, ele estava sendo monitorado desde a semana passada, após a SPCI receber informações de que o foragido estava residindo na cidade paraense.

O delegado José Nilton Souza, adjunto da SPCI, informou que o crime ocorreu em 2005 e Raimundo Pereira era casado com uma tia da vítima. “Após os trabalhos de investigação, ele foi chamado a comparecer perante o juiz e foi informado da sua prisão referente ao delito. Na época, ele recorreu da prisão e aproveitou a situação e fugiu de Bacabal”, detalhou o delegado.

De acordo com informações da polícia, no período em que esteve foragido, ele teria passado por cidades do interior do Maranhão, entre elas Imperatriz, e também em municípios de São Paulo.

Ultimamente, estava morando em Parauapebas, no Pará. Após os procedimentos policiais, ele foi encaminhado para o Centro de Triagem em Pedrinhas.

Para ler mais notícias do Imirante, clique em imirante.com. Também siga o Imirante no Twitter e curta nossa página no Facebook.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.