Em Bom Jesus das Selvas

Pedofilia: filha de casal confirma abuso em depoimento

Cristiano Alves Vieira e Fernanda da Silva de Oliveira foram presos suspeitos de praticar crimes de pedofilia contra a sua própria filha.
Imirante.com17/05/2019 às 14h26
Pedofilia: filha de casal confirma abuso em depoimento A prisão de Fernanda e Cristiano só foi possível após uma denúncia anônima. (Foto: Divulgação)

BOM JESUS DAS SELVAS - Nessa quinta-feira (16), em uma operação da Polícia Civil do Maranhão, por intermédio da 9ª Delegacia Regional de Açailândia e Delegacia de Bom Jesus das Selvas, foram presos Cristiano Alves Vieira e Fernanda da Silva de Oliveira, suspeitos de praticar crimes de pedofilia contra a sua própria filha.

Leia também: Casal é preso em operação contra pedofilia em Bom Jesus das Selvas

De acordo com a polícia, a prisão do casal só foi possível após uma denúncia anônima que informou a polícia que Cristiano Alves Vieira abusava sexualmente de sua própria filha e armazenava materiais na residência dele.

A polícia decidiu verificar a veracidade dos fatos após a denúncia. Depois de uma busca e apreensão na casa do casal, encontrou diversos pen-drives contendo cenas de sexo com crianças e adolescentes. Também foram apreendidos aparelhos celulares, um notebook e uma pequena porção de maconha.

Ainda foram encontrados pela polícia, no quarto da filha de Cristiano e Fernanda, diversos preservativos. No lençol da cama da criança continha algumas marcas de sangue, motivo que fez a polícia apreender o lençol e o encaminhar para o Instituto de Criminalística (Icrim), a fim de confirmar se o sangue seria da criança.

De acordo com a polícia, a filha do casal relatou em depoimento que a sua mãe já teria lhe mostrado um pênis e que o seu pai já teria a passado a mão por seu corpo de modo inapropriado. Ela estava acompanhada de equipe do Conselho Tutelar e da sua avó materna.

Cristiano Alves Vieira e Fernanda da Silva de Oliveira foram presos e autuados pelos crimes de estupro de vulnerável, venda e exposição de fotos e vídeos pornográfica envolvendo criança ou adolescente e posse de drogas.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.